Club Baloncesto Estudiantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Movistar Estudiantes
Liga Espanha Liga Endesa
Fundado em 1948
Nome Completo Ramiro de Maeztu
(1948)
CB Estudiantes
(1948–Presente)
Apelido
Torcedores "Demencia"
"Impresentables"
"Peña Rafa"
"Los Padriños"
"16-j"
"Hostzgailua"
"Emilio Segura"
"Garibaldi Asturies"
Cidade Bandera de Madrid.svg Madrid
Comunidade Autônoma Flag of the Community of Madrid.svg Comunidade de Madrid
Presidente Espanha Fernando Galindo
Mascote
Cores Azul Claro, Preto
         
Pavilhão Barclaycard Arena
Capacidade 15.000
Treinador Espanha Txus Vidorreta
Posição 2013/14
Patrocinadores Espanha Movistar Telefonia
Estados Unidos Ford
Espanha Gaes
Equipamento Espanha Joma
Website Sítio Oficial


O Club de Baloncesto Estudiantes é um dos clubes espanhóis de basquete mais conhecidos da cidade de Madri. A equipa masculina joga na liga profissional espanhola, organizada pela liga ACB.

História e rasgos principais[editar | editar código-fonte]

Equipa ACB 2010-11: Nik Caner-Medley, Jiří Welsch, Albert Oliver, Germán Gabriel, Sergio Sánchez, Josh Asselin, Marc Blanch, Yannick Driesen, Jayson Granger, Daniel Clark, Tyrone Ellis, Hernán Jasen, Jaime Fernández.

Foi fundado no ano 1948. No curso 1947-48, um grupo de alunos do Instituto Ramiro de Maeztu inscreveu na Federação Castelhana de basquete uma equipa com o nome de Ramiro de Maeztu em terça divi­sión, e num ano mais tarde, no curso 1948-49 constituiu-se formalmente o «Estudantes», baixo os auspicios e o apoio decisivo de Antonio Magariños, catedrático e chefe de estudos do Instituto, e inscreveram-se com esse nome duas equipas. Antonio Magariños foi o primeiro presidente do clube.

Jogando nos campos de dito instituto, com grande número de equipas de todas as categorias desde alevines a juniores, a cantera do clube deu como fruto durante toda sua história muitos grandes jogadores e treinadores do basquete espanhol. Entre os jogadores pode-se mencionar a Fernando Martín, Alberto Ferreiros, Carlos Jiménez, Felipe Reis, Sergio Rodríguez, Antonio Díaz-Miguel, Aíto García Reneses, Jesús Codina, Vicente Ramos, Juan Antonio Martínez Ribeiro, Gonzalo Sagi-Vai-a, Vicente Gil ou Nacho Azofra. Entre os treinadores pode citar-se a José Vicente Hernández (mais conhecido como Pepu Hernández) além dos já citados Antonio Díaz-Miguel e Aíto García Reneses.

Na temporada 1947-1948 fica subcampeón de Terceira divisão de Castilla e ascende à Segunda categoria. Na temporada 1948-1949 ascende de Segunda a Primeira e na 1949-1950 atinge a máxima categoria existente então. A primeira une espanhola de basquete, organizada pela Federação Espanhola de Basquete, disputou-se no ano 1957 com seis equipas: Aismalibar, FC Barcelona, Estudantes, Juventude de Badalona, Orillo Verde de Sabadell e Real Madri. O Real Madri e o Estudantes participaram como primeiro e segundo do Campeonato de Castilla. Estudantes é um dos três únicos clubes espanhóis que mantiveram a máxima categoria em competição espanhola.

Estudantes foi quatro vezes subcampeón de une-a espanhola e três vezes campeão da Copa. Desde 1986 participou regularmente em competições européias, geralmente Copa Korac, após participar já em duas ocasiões na Recopa na década dos 70. Estudantes jogou a final a quatro de une-a Européia em Estambul em 1992 e foi subcampeón da Copa Korac em 1999. Também jogou a final a quatro da copa da FIBA em 2007.

O Clube Estudantes foi um dos dois únicos clubes de basquete espanhol com equipas nas mais duas altas competições nacionais: masculina e feminina durante várias temporadas.

Destaca também seu imaginativa afición, conhecida como "A Demência", que animam a sua equipa constantemente e que fazem do humor e a ironía uma forma de ver o basquete. A Demência recebeu inclusive reconhecimentos oficiais. A afición estudiantil em grande parte considera viável a filosofia de manter a Estudantes como equipa "de pátio de colégio", a origem do clube, ainda dentro de um basquete a cada vez mais profesionalizado. O facto de que alguns ou muitos dos "dementes" vão disfarçados de árabes tem pouco que ver com sua solidariedade com o movimento palestino -algo pessoal que pode coincidir em algum caso, mas que é independente da equipa e do Instituto-: está relacionado mais bem com o momento histórico no que se popularizó com sucesso o nome de DEMÊNCIA para a até então "inchada" a secas. Corriam nos anos 75 e 76 e a DEMÊNCIA estreava o nome, inventava gritos -e gamberradas como a de ir cortar o tráfico da praça dos delfines ao se iniciar as férias de Navidad- e escolhia a seus líderes, entre os que ocupava um lugar destacado por razões óbvias Juana a louca: também estava por ali Jomeini e seus seguidores, mais fáceis de imitar com um disfarce que os de Juana... e ouve, prosperou o atuendo. Também destacam "A Peña Rafa","Impresentables" e "Os Padrinos",de recente criação

Na temporada 2005/06 a assistência média de espectadores ao Madri Areia foi durante une-a regular foi de 7062 espectadores. Estudantes foi a quarta equipa nesse apartado depois do Unicaja Málaga, Real Madri e TAU Vitoria.

Estudantes caracteriza-se, por sua origem e história, pelo entusiasmo, a paixão pelo basquete, e um verdadeiro romantismo pondo o bom jogo acima dos resultados em muitas ocasiões.

Também se caracteriza por uma gestão do clube entusiasta e aficionada, que tem deparado doces vitórias, também certas sombras e um número de troféus mais bem magro.

É proverbial a intensa rivalidad com outra equipa de basquete de Madri nascido simplesmente como secção satélite de um clube futbolístico. Deste outro clube, muitos aficionados do Estudantes pensam que veio aproveitando, não sempre bem, as vantagens económicas derivadas de sua dimensão futbolística, para fichar, em ocasiões abusivamente, a numerosos jogadores de Estudantes e de outras equipas de basquete. Em Estudantes, pelo contrário, numerosos jogadores eliminados pela outra equipa de Madri de financiamento futbolística, encontraram o meio para desenvolver sua maturidade e atingido, por exemplo, a selecção espanhola de basquete.

No ano 2005 realizou-se uma ampliação de capital, pondo à venda acciones da Sociedade Anónima Desportiva que sustenta à equipa de une ACB do clube por 6 euros a cada uma, com o objectivo de financiar o clube e fomentar a participação do maior número de aficionados na propriedade do clube. O clube está organizado na Sociedade Anónima Desportiva (SAD) que se ocupa da equipa em une ACB, o Clube propriamente dito, que se ocupa da cantera e as equipas e actividades desportivas e uma Fundação.

Uniforme[editar | editar código-fonte]

Kit body vneckyellow.png
Casa jersey
Team colours
Team colours
Casa
Kit body vneckblue.png
Visitante jersey
Team colours
Team colours
Visitante
Kit body vneckyellow.png
Alternativo jersey
Team colours
Team colours
Alternativo

Temporada por Temporada[editar | editar código-fonte]

Histórico baseado no Perfil do Estudiantes no Sítio acb.com, Palmarés>Trayectoria deportiva[1] .

Temporada Nível Divisão Pos. Pós Temporada TR PL Copa del Rey Outras Copas Competições Européias
1956–57 1 1ª División 5 3–7
1957–58 1 1ª División 5 11–1–6
1958–59 1 1ª División 6 12–2–8 Quartas de Final
1959–60 1 1ª División 10 6–2–14 Oitavas de Final
1960–61 1 1ª División 7 10–2–10 Primeira Fase
1961–62 1 1ª División 3 10–8 Vice Campeão
1962–63 1 1ª División 2 Vice Campeão 8–2 3–3 Campeão
1963–64 1 1ª División 5 Fase Final 9–3 4–6 Semifinalista
1964–65 1 1ª División 4 6–8
1965–66 1 1ª División 6 8–10 Semifinalista
1966–67 1 1ª División 3 14–6 Semifinalista
1967–68 1 1ª División 2 Vice Campeão 16–4 Semifinalista
1968–69 1 1ª División 5 12–10 Quartas de Final
1969–70 1 1ª División 5 11–1–10 Quartas de final
1970–71 1 1ª División 8 8–14 Oitavas de final
1971–72 1 1ª División 5 12–10 Semifinalista
1972–73 1 1ª División 4 17–1–12 Vice Campeão
1973–74 1 1ª División 4 17–2–9 Semifinalista 2 Campeões de Copa SF 5–4
1974–75 1 1ª División 7 8–14 Vice Campeão
1975–76 1 1ª División 4 Fase Final 12–10 5–5 Semifinalista 2 Campeões de Copas SF 6–1
1976–77 1 1ª División 6 10–12 Semifinalista
1977–78 1 1ª División 7 8–1–13 Semifinalista
1978–79 1 1ª División 4 13–1–8 Quartas de Final
1979–80 1 1ª División 8 9–1–12 Oitavas de Final
1980–81 1 1ª División 2 Vice Campeão 18–2–6 Quartas de Final
1981–82 1 1ª División 11 10–1–15 Oitavas de Final
1982–83 1 1ª División 10 8–1–17 Round of 16
1983–84 1 Liga ACB 13 Playoffs de rebaixamento 12–16 2–0
1984–85 1 Liga ACB 7 Quartas de Final 17–11 3–2 Copa Príncipe SF
1985–86 1 Liga ACB 5 Quartas de Final 15–13 2–2 Copa Príncipe C
1986–87 1 Liga ACB 5 Quartas de Final 13–15 3–2 Quartas de Final Copa Príncipe 8ªs 3 Korać Cup QF 5–3
1987–88 1 Liga ACB 5 Quartas de Final 16–12 2–2 Quartas de Final Copa Príncipe QF 3 Korać Cup QF 3–5
1988–89 1 Liga ACB 10 17–19 3–0 Quartas de Final 3 Korać Cup QF 4–6
1989–90 1 Liga ACB 4 Semifinalista 20–16 2–3 Oitavas de Final
1990–91 1 Liga ACB 3 Semifinalista 25–9 5–3 Vice Campeão 3 Korać Cup QF 8–4
1991–92 1 Liga ACB 3 Semifinalista 24–10 6–3 Campeão 1 Euroleague 4th 14–7
1992–93 1 Liga ACB 4 Semifinalista 21–10 6–4 Quartas de Final 1 Euroliga FG 6–10
1993–94 1 Liga ACB 4 Semifinalista 17–11 5–5 Quarto Lugar 3 Korać Cup FG 4–4
1994–95 1 Liga ACB 7 Quartas de final 20–18 0–2 Terceira posição 3 Korać Cup FG 5–5
1995–96 1 Liga ACB 3 Semifinalista 25–13 4–3 3 Korać Cup FG 6–4
1996–97 1 Liga ACB 3 Semifinalista 21–13 4–4 Quartas de Final 1 Euroliga 8ªs 9–7
1997–98 1 Liga ACB 5 Quartas de Final 24–10 1–3 Quartas de Final 1 Euroliga 8ªs 8–10
1998–99 1 Liga ACB 4 Semifinalista 21–13 3–4 3 Korać Cup VC 14–2
1999–00 1 Liga ACB 3 Semifinalista 23–11 5–3 Campeão 3 Korać Cup SF 11–3
2000–01 1 Liga ACB 6 Quartas de Final 21–13 1–3 Quartas de Final 1 Euroliga 8ºs 4–8
2001–02 1 Liga ACB 4 Semifinalista 20–14 3–5 Semifinalista 2 Saporta Cup 8ªs 6–6
2002–03 1 Liga ACB 4 Semifinalista 23–11 4–3 Quartas de Final 2 ULEB Cup SF 11–5
2003–04 1 Liga ACB 2 Vice Campeão 20–14 8–6 Quartas de Final 2 ULEB Cup SF 11–5
2004–05 1 Liga ACB 4 Semifinalista 21–13 4–4 Quartas de Final 1 Euroliga TR 4–10
2005–06 1 Liga ACB 8 Quartas de Final 17–17 0–3 2 ULEB Cup TR 4–6
2006–07 1 Liga ACB 9 16–18 3 FIBA Eurocup 12–4
2007–08 1 Liga ACB 14 12–22
2008–09 1 Liga ACB 13 12–22 Semifinalista
2009–10 1 Liga ACB 7 Quartas de Final 19–15 0–2 Quartas de Final
2010–11 1 Liga ACB 12 16–18 2 Eurocup QF 8–6
2011–12 1 Liga ACB 17 Rebaixado[nota 1] 11–23
2012–13 1 Liga ACB 12 15–19 Quartas de Final
2013–14 1 Liga ACB 16 12–22
2014–15 1 Liga ACB

Referências

  1. Perfil do Estudiantes no Sítio da Liga ACB acb.com visualizado em 25/03/2015

Notas

  1. Permaneceu na Liga ACB em virtude de vaga deixada em aberto pelo Iberostar Canarias para ser promovido


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Club Baloncesto Estudiantes


Ícone de esboço Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.