Club Deportivo Oriente Petrolero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oriente Petrolero
Oriente Petrolero.svg
Nome Club Deportivo Oriente Petrolero
Alcunhas Verdolagas, Albiverdes, Refineros
Mascote Papagaio Orientito
Fundação 5 de novembro de 1955 (58 anos)
Estádio Ramón "Tauhichi" Aguilera
Capacidade 35.000
Localização Santa Cruz de la Sierra,  Bolívia
Presidente Bolívia Miguel Ángel Antelo
Treinador Uruguai Tabaré Silva
Patrocinador Bolívia Viva, AeroSur, El Deber
Material esportivo Equador Marathon
Competição Liga de Fútbol Profesional Boliviano
Divisão 2012 Apertura 2012, º° lugar
Website Site oficial
Kit left arm thingreenborder.png Kit body opetrolero14h.png Kit right arm thingreenborder.png
Kit shorts opetrolero14h.png
Kit socks opetrolero14h.png
Uniforme
titular
Kit left arm thingreenborder.png Kit body opetrolero14a.png Kit right arm thingreenborder.png
Kit shorts opetrolero14a.png
Kit socks opetrolero14a.png
Uniforme
alternativo
editar

O Club Deportivo Oriente Petrolero é um clube de futebol boliviano fundado em 5 de novembro de 1955, na cidade de Santa Cruz de la Sierra. Manda seus jogos no Estádio Ramon "Tauhichi" Aguilera, com capacidade para 35.000 pessoas.

Juntamente com o The Strongest, é um dos únicos clubes que nunca disputaram a Segunda Divisão boliviana.

História[editar | editar código-fonte]

Origens: 1955[editar | editar código-fonte]

Quando a Associación de Santa Cruz (liga de futebol local) era ainda amadora, se formou um clube com base em uma equipe de bairro chamada Petroleros, formada unicamente por trabalhadores da YPFB (companhia petrolífera estatal boliviana). Sua fundação foi em 5 de novembro de 1955. Se inscreveu na associação de futebol em 1956 já com o nome de Oriente Petrolero.

Títulos na era amadora: 1957 - 1964[editar | editar código-fonte]

Em 1957, o Oriente Petrolero subiu para a primeira divisão local. Em 1958 e 1959 venceu campeonatos amadores locais. Foi bicampeão cruceño (natural de Santa Cruz de la Sierra) amador em 1961 e 1962 e tornou a vencer em 1964 sendo este o último campeonato da era amadora.

Títulos da era profissional: 1965 - 1976[editar | editar código-fonte]

Em 1965, o profissionalismo se instalou definitivamente no futebol de Santa Cruz de La Sierra e o Oriente Petrolero venceu o seu primeiro campeonato cruceño profissional em 1967 iniciando um sensacional heptacampeonato vencendo também os campeonatos de 1968, 1969, 1970, 1971, 1972 e 1973. Voltaria a vencer o campeonato cruceño em 1976.

Primeiro campeonato nacional e primeira Libertadores: 1971 - 1972[editar | editar código-fonte]

O Oriente Petrolero venceu seu primeiro campeonato nacional, a Copa Simón Bolivar (o equivalente ao campeonato boliviano de hoje) em 1971, o que lhe deu o direito de disputar a Copa Libertadores da América de 1972. O clube já participou desse torneio 18 vezes.

Liga profissional: 1977 - 1979[editar | editar código-fonte]

O Oriente Petrolero começou a participar da liga profissional em 1977 tornado-se campeão em 1979.

A melhor Libertadores e mais um título: 1988 - 1990[editar | editar código-fonte]

O vice-campeonato boliviano de 1987 deu ao Oriente Petrolero o direito de participar da Copa Libertadores da América de 1988. Nesse ano, o Oriente Petrolero fez sua melhor campanha até hoje na Libertadores: chegou às quartas-de-final eliminando equipes tradicionais da América do Sul tais como o Club Olimpia, do Paraguai e o Colo-Colo, do Chile. Acabou sendo eliminado pelo América de Cáli, da Colômbia. Para compensar essa tristeza, venceu mais um campeonato boliviano em 1990.

Século XXI: 2001 até hoje[editar | editar código-fonte]

O Oriente Petrolero passou por um período de "vacas magras" que só seria interrompido em 2001 quando conquistou o campeonato boliviano desse ano. O clube vence, em 2003, a primeira Copa Aerosur (realizada na cidade de Buenos Aires, Argentina), um importante torneio patrocinado por uma companhia aérea e no qual participam os principais clubes bolivianos. O Oriente Petrolero volta a vencer essa competição em 2005 - no ano em que o club cruceño completou 50 anos de existência - e chegou à grande final da Copa Aerosur de 2007 contra a equipe do The Strongest que acabaria sagrando-se campeã.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
1 Bolívia Carlos Arias
25 Bolívia Álex Arancibia
12 Bolívia Óscar Antelo
TBA Bolívia Juan Pedraza
Defensores
Jogador Pos.
2 Bolívia Miguel Hoyos Z
4 Bolívia Julio César Pérez Z
6 Uruguai Mariano Brau Z
13 Bolívia Wilder Zabala Z
17 Bolívia Marvin Bejarano Z
21 Bolívia Ronny Martínez Z
24 Bolívia Ronny Montero Z
32 Bolívia Gustavo Olguín Z
36 Uruguai Pablo de Muner Z
TBA Bolívia Yussein Monasterio Z
Meio-campistas
Jogador Pos.
5 Bolívia Ronald García M
7 Bolívia Adrián Cuéllar M
10 Bolívia Fernando Saucedo M
15 Bolívia Rubén Darío Carballo M
16 Bolívia Danny Bejarano M
22 Bolívia Pedro Azogue M
23 Bolívia Hernán Zanni M
26 Bolívia Alejandro Meleán M
31 Bolívia Carlos Serrano M
34 Bolívia Rodrigo Lafuente M
TBA Bolívia Álvaro Cortéz M
Atacantes
Jogador
9 Uruguai Eduardo Federico Martinez
11 Bolívia Alcides Peña
19 Bolívia Reyes Antelo
20 Bolívia Rodrigo Vargas
24 Bolívia Diego Rodríguez
TBA Bolívia Nacho García
TBA Bolívia Diego Quiñónez
Comissão técnica
Nome Pos.
Argentina Roberto Pompei T
Argentina Fabio Giménez AS
Bolívia José Antonio Vaca PF
Uruguai Ramiro Loguercio PF
Bolívia Darío Rojas TG

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BolíviaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol bolivianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.