Cock Sparrer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cock Sparrer
Cock sparrer live in london.jpg
Informação geral
Origem Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Streetpunk
Oi!
Pub rock
Período em atividade 1972 - 1978
1982 - 1984
1992 - atualmente
Gravadora(s) Decca, Carrere, Razor, Bitzcore, Captain Oi!
Página oficial http://www.sparrer.fsworld.co.uk/
Integrantes
Colin McFaull
Mickey Beaufoy
Steve Burgess
Steve Bruce
Daryl Smith
Ex-integrantes
Garrie Lammin
Chris Skepis
Shug O'Neill

Cock Sparrer é uma banda britânica de punk rock formada em 1972, em Londres, Inglaterra. Seu som tem influências do pub rock, street punk, do som skinhead e da música beat britânica dos anos 60.

A maioria de suas letras são relacionadas ao cotidiano da classe trrabalhadora, o que muitas vezes confere a eles o título de precursores do subgênero Oi!. O nome da banda era, originalmente, Cock Sparrow, um termo de familiaridade "Cockney" (culturalmente referente à classe trabalhadora de Londres).1

Começo[editar | editar código-fonte]

Quando os Sex Pistols começaram, o Cock Sparrer já estava na ativa havia cerca de um ano, tocando no cenário pub rock londrino. Após a explosão do punk, em 1976, a banda encontrou seu lugar, pois seu rock proletário e agressivo com influências de glam rock se encaixava perfeitamente no novo movimento. Após dois singles em 1977 ("Runnin' Riot" e o cover dos Rolling Stones, "We Love You"), lançaram um álbum chamado Cock Sparrer. Mas o disco só saiu na Espanha, e a banda, cansada de fracassar, acabou.

Com a explosão do Oi! em 1980, o Cock Sparrer passou a ser cultuado junto ao Sham 69, Menace e Slaughter & The Dogs como precursores do movimento, quando a música "Sunday Stripper" foi incluida na coletânea Oi! The Album e em 1981, as músicas "Taken for a Ride (We Think You Don't)" e "Runnin' Riot" foram incluídas na coletânea Strength Thru Oi!, e a volta foi inevitável. Em 1982 gravaram o clássico LP Shock Troops, que com um punk rock melódico cheio de "singalongs", é considerado por muitos o melhor álbum de Oi!/Streetpunk de todos os tempos. Clássicos como "England Belongs To Me", "Where Are They Now" e "Take 'Em All" nunca mais saem da cabeça de quem escuta.

Carreira[editar | editar código-fonte]

A banda foi formada em 1972 por Colin McFaull, Mick Beaufoy, Steve "Burge" Burgess and Steve Bruce, que se conheciam desde os onze anos de idade. Inicialmente eles eram uma banda de pub rock, influenciados por bandas como Small Faces, e tocando em casas noturnas ao redor de Londres. Eles seriam mais conhecidos alguns anos depois como uma das mais importantes bandas de punk rock da segunda onda do punk britânico, conhecida como streetpunk/oi!.

Em 1976, a banda reuniu-se com Malcolm McLaren, que na ocasião teria oferecido à banda assinar um contrato ao lado de sua mais nova descoberta, os Sex Pistols. De acordo com os membros do Cock Sparrer, este contrato nunca foi assinado porque McLaren se recusou a pagar uma rodada de cerveja a eles. Outra explicação foi o fato de que McLaren queria que eles cortassem o cabelo, e que isto foi recusado.

Em 1977, Garrie Lammin (primo de Burge) juntou-se à banda como segundo guitarrista e a banda assinou contrato com a Decca Records, que esperava ganhar muito dinheiro com a explosão do movimento punk. O primeiro single foi "Runnin' Riot", lançado em maio de 1977. Este single não vendeu bem, assim como o single posterior "We Love You", um cover dos Rolling Stones, o que fez com que a Decca Records desistisse da banda em 1978. Os membros da banda já haviam gravado um material para o álbum de estréia, que não foi lançado na época. Então a banda se desfez em 1980.

Nesse mesmo ano, a música "Sunday Stripper" foi incluida na coletânea Oi! The Album e em 1981, as músicas "Taken for a Ride (We Think You Don't)" e "Runnin' Riot" foram incluídas na coletânea Strength Thru Oi!, o que despertou o interesse pela banda novamente. Eles se reuniram novamente em 1982 e assinaram contrato com a Carrere Records,que lançou o single "England Belongs to Me". O próximo lançamento da banda foi o álbum de estréia, chamado de Shock Troops, em 1983. Neste álbum estão presentes as músicas "Where Are They Now", "I Got Your Number" e "Riot Squad". Em 1984, Beaufoy deixou a banda, sendo substituído por Shug O'Neill, que mais tarde ainda seria substituído pelo brasileiro Chris Skepis. O segundo álbum, Running Riot in '84 foi lançado em Outubro de 1984.

Em 1987, foi lançado o terceiro álbum de estúdio, True Grit, que na verdade se trata do seu primeiro LP, gravado pela Decca Records em 1977, que foi originalmente lançado apenas na Espanha. Desde então, o álbum foi relançado em várias formas, inclusive como Diamonds & Pearls pelo selo DSS e como parte da compilação The Decca Years do selo Captain Oi!.

A banda fez vários shows da reunião em 1992 (com um novo segundo guitarrista, Daryl Smith), e em 1994 lançaram um novo álbum, Guilty as Charged. Em 1997, lançaram mais um álbum, Two Monkeys. Depois disso a banda ocasionalmente saiu em turnês e tocou esporadicamente em festivais punk, incluindo o Festival Wasted/ Rebellion.2

Em novembro de 2007, o Cock Sparrer lançou seu sexto álbum de estúdio, chamado Here We Stand.3 Em abril de 2008 eles encabeçaram o festival Rebellion Vienna e também o festival Rebellion Blackpool em agosto de 2008. Em 2009 eles encabeçaram o festival Punk & Disorderly, em Berlim. Eles ainda tocaram na Riotfest em Chicago, no Congress Theater em 10 de outubro de 2009 e encabeçaram o festival Metro, em 10 de novembro de 2009.

Dan Hardy, o lutador da Ultimate Fighting Championship (UFC), usa a canção "England Belongs to Me" como sua música-tema. E a música "Take 'em All" é sempre cantada pela torcida do time de futebol Seattle Sounders FC.4

Formação atual[editar | editar código-fonte]

  • Colin McFaull – Vocais
  • Mick Beaufoy – Guitarra
  • Steve Burgess – Baixo
  • Steve Bruce – Bateria

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Título Selo Data de lançamento UK Chart Position
Shock Troops Carrere 1982 Não Listado
Running Riot in '84 Syndicate 1984 Não Listado
True Grit Razor 1987 Não Listado
Guilty as Charged Bitzcore 1994 Não Listado
Two Monkeys Bitzcore 1997 Não Listado
Here We Stand Captain Oi! 2007 Não Listado

10" EP[editar | editar código-fonte]

  • Run Away EP, 1995, Bitzcore

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • Live and Loud, 1987, Link
  • Live: Runnin' Riot Across the USA", 2000
  • Back Home, 2003, Captain Oi!

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

  • England Belongs To Me, 1997, Harry May
  • Bloody Minded, 1999, Dr. Strange/Bitzcore
  • The Decca Years, 2006, Captain Oi!

7" Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Running Riot" b/w "Sister Suzie", 1977, Decca
  • "We Love You" b/w "Chip on my Shoulder", 1977, Decca
  • "England Belongs to Me" b/w "Argy Bargy", 1982, Carerre
  • "Run Away", 1995, Bitzcore
  • "Too Late" b/w "Because You're Young", 2007, Captain Oi!
  • "Did You Have A Nice Life Without Me?" b/w "So Many Things", 2008, Dirty Punk (French Import)
  • "True To Yourself" b/w "Chip On My Shoulder (Live)", 2008, TKO Records
  • "Spirit of '76" b/w laser etching, 2008, Pirates Press Records

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.