CodeIgniter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde março de 2014).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

CodeIgniter
Desenvolvedor EllisLab, Inc.
Lançamento 28 de fevereiro de 2006; há 443 semanas e 4 dias
Versão estável 2.2.0 (5 de junho de 2014; há 12 semanas e 2 dias)
Escrito em PHP
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Framework Web, Sistema de gerenciamento de conteúdo
Licença Licença Apache/BSD
Página oficial ellislab.com/codeigniter

O CodeIgniter é um framework de desenvolvimento de aplicações em PHP.

Seu objetivo, por meio de um abrangente conjunto de bibliotecas voltadas às tarefas mais comuns, de uma interface e uma estrutura lógica simples para acesso àquelas bibliotecas, é possibilitar que o usuário desenvolva projetos mais rapidamente do que se estivesse codificando do zero[1] A primeira versão pública do CodeIgniter foi lançada em 28 de fevereiro de 2006.[2] .

O CodeIgniter permite que se mantenha o foco em um projeto, minimizando a quantidade de código necessário para uma dada tarefa.

CodeIgniter foi desenvolvido sobre o paradigma da programação Orientada a Objetos sob o padrão de arquitetura de software MVC, mas também já dá suporte à metodologia HMVC, um nível hierárquico acima, absorvendo cada tríade MVC, tornando-a modular e, até certo ponto, independente das demais. Por ser mais recente e não nativo do Code Igniter, o HMVC exige o download de alguns arquivos e a criação do diretório 'Modules' para que funcione corretamente.

Este padrão de arquitetura de software vem sendo adotado como uma solução para a separação das camadas de código e abstrações de objetos por diversas outras plataformas e linguagens de programação como o ASP.NET, Java, Ruby on Rails entre outros. Essa recorrência no uso desta arquitetura tem feito autores apontarem MVC também como um design pattern.

Rasmus Lerdorf (o criador do PHP) expressou que gostava do CodeIgniter "porque é rápido, ligeiro e parece pouco um entorno".[3]

Referências