Code Conventions for the Java Programming Language

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Code Conventions for the Java Programming Language ou a tradução livre para português "Padrão de codificação para a linguagem de programação Java" é um documento público oficial da Sun Microsystems, Inc. que tem o objetivo de padronizar a forma de um código-fonte em Java. Esse padrão é utilizado internamente pela Sun no desenvolvimento dos códigos-fontes Java. Sua última revisão foi em 20 de abril de 1999.[1]

A Sun encoraja todos os desenvolvedores Java a seguirem o padrão.[1] Por uma questão de conveniência e pela razão de a empresa desenvolvedora do conceito Java recomendá-lo, muitas empresas adotam esse padrão.

Esse padrão não engloba o aspecto de arquitetura de sistema, ou seja, não interfere na engenharia do software, focando apenas na forma de escrita e organização do código-fonte em si. O documento engloba padrões para:

  • Nomes de arquivos, classes, pacotes, variáveis, constantes etc.;
  • Organização dos arquivos;
  • Indentação;
  • Comentários;
  • Declarações de funções, variáveis e outras;
  • Disposição das expressões;
  • Política para espaços em branco e quebras de linha;

Segundo a própria introdução do documento[1] , os motivos principais para se manter um padrão de codificação num trabalho em equipe é:

  • 80% do tempo gasto no desenvolvimento de software é alocado para manutenção.
  • Dificilmente qualquer software será mantido a vida toda pelo mesmo autor.
  • Padrões aumentam a legibilidade do software, permitindo desenvolvedores entenderem um novo código de forma mais clara e mais rapidamente.

Adaptação para outras linguagens[editar | editar código-fonte]

É possível adaptar o padrão para outras linguagens semelhantes, como o C++ ou C#, por exemplo.

Referências

  1. a b c Site oficial. Java.sun.com.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]