Coerência e coesão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Coerência e coesão textuais são dois conceitos importantes para uma melhor compreensão do texto e para a melhor escrita de trabalhos de redação de qualquer área.

A coesão trata basicamente das articulações gramaticais existentes entre as palavras, as orações e frases para garantir uma boa sequenciação de eventos. A coerência, por sua vez, aborda a relação lógica entre ideias, situações ou acontecimentos, apoiando-se, por vezes, em mecanismos formais, de natureza gramatical ou lexical, e no conhecimento compartilhado entre os usuários da língua portuguesa.

Definição Específica[editar | editar código-fonte]

  • Coesão
Quando falamos de coesão, falamos a respeito dos mecanismos linguísticos que permitem uma sequência lógico- semântica entre as partes de um texto.
  • Coerência

È acerca da significação do texto, e não mais dos elementos estruturais que o compõem.

Ex: Aquele garoto não gosta de futebol e portanto fica chamando seus amigos para jogar playstation 4


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Coesão

É a manifestação linguística da coerência. Provém da

forma como as relações lógico-semânticas do texto são

expressas na superfície textual. Assim, a coesão de um texto é

verificada mediante a análise de seus mecanismos lexicais e

gramaticais de construção. Ex: "Os corvos ficaram à espreita.

As aves aguardaram o momento de se lançarem sobre os

animais mortos." (hiperônimo ) "Gosto muito de doce.

Cocada, então, eu adoro." (hipônimo) "–Aonde você foi

ontem? –f f À casa de Paulo. – f f Sozinha? – Não, f f com

amigos." (elipse) Os elementos de coesão também

proporcionam ao texto a progressão do fluxo informacional,

para levar adiante o discurso. Ex: "Primeiro vi a moto, depois

o ônibus." (tempo) Embora tenha estudado muito, não passou.

(contraste)


Coerência


É o aspecto que assumem os conceitos e relações

subtextuais, em um nível ideativo. A coerência é responsável

pelo sentido do texto, envolvendo fatores lógico-semânticos e

cognitivos, já que a interpretabilidade do texto depende do

conhecimento partilhado entre os interlocutores. Um texto é

coerente quando compatível como conhecimento de mundo

do receptor. Observar a coerência é interessante, porque

permite perceber que um texto não existe em si mesmo, mas

sim constrói-se na relação emissor-receptor-mundo.