Colégio Nossa Senhora do Rosário (Volta Redonda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

O Colégio Nossa Senhora do Rosário é uma escola brasileira localizada na cidade de Volta Redonda.

Tem como entidade mantenedora a Congregação das Escravas do Divino Coração, obra dedicada, à educação. Foi fundado em 1955 a pedido da diretoria da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) para atender a educação cristã das filhas dos funcionários. Iniciou suas atividades no bairro Jardim Paraíba enquanto era construído o prédio atual, o qual foi inaugurado em 1958, no bairro Sessenta.

Com mais 50 anos, o colégio foi evoluindo, passando pelas mudanças próprias da época, conservando a solidez da tradição e integrando a mais moderna metodologia. O pensamento educativo vem dos fundadores da congregação, D. Marcelo Spínola e Célia Mendez: "Formar o coração da Criança e do Jovem, libertando-o de suas escravidões interiores e exteriores, comprometendo-o na consecução de uma sociedade mais justa e humana".

O lema "Educar é formar o coração", que já passou por diversas gerações, continua sempre novo e atual e ganha mais sentido e profundidade diante de um mundo globalizado e de rápidas modificações sociais. Formar o coração significa implantar uma educação voltada para crianças e jovens, que seja, capaz de mobilizá-los para a transformação, ajudando-os a serem sujeitos críticos e autônomos, cidadãos conscientes, prontos a usar o conhecimento como instrumento de solidariedade e avanço para sua comunidade. Formar o coração significa educar para a vivência dos valores evangélicos, para a preservação da vida e do respeito à dignidade humana.