Colégio Santo Antônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Entrada do Colégio Santo Antônio (em reformas) na rua Pernambuco.

Colégio Santo Antônio é um colégio franciscano brasileiro, situado na região da Savassi de Belo Horizonte, mantido pela Casa de Santo Antônio.

História[editar | editar código-fonte]

O Colégio Santo Antônio foi criado em São João del-Rei (Minas Gerais), em 1º de maio de1909, pela Ordem dos Frades Menores e solidificou-se como referência na educação, recebendo estudantes de diversas partes do país.

No fim dos anos 1940, os dirigentes transferiram esse colégio para a capital do estado, com o objetivo de preparar melhor os seus alunos para o ingresso na Universidade Federal de Minas Gerais (antiga UMG). Na mesma época, a Comissariado de Santa Cruz se desvinculou da Província dos Santos Mártires Gorcumienses, dos Países Baixos, quando a primeira passou a ser uma província independente.

Com a direção de Frei Bertrando, Pedro Schretlen e a ajuda de outros confrades, o colégio instalou-se na rua Pernambuco, 880, no bairro Funcionários, no dia 17 de fevereiro de 1950, quando foi celebrada uma missa inaugural numa capela improvisada. O colégio também passou a dar suporte a autonomia da província franciscana recém-criada.

Naquele mesmo ano, funcionaram sete turmas do científico (atual ensino médio) e, dois anos depois, surgiram as primeiras turmas do ginásio (equivalente a segunda metade do fundamental de hoje).

Em 1972 a unidade de São João del-Rei, o Ginásio Santo Antônio, encerrou definitivamente suas atividades, ficando o prédio para a Prefeitura Municipal daquela cidade. No antigo prédio passou a funcionar a Fundação Municipal de São João del-Rei, uma das entidades formadoras da Universidade Federal de São João del-Rei.

Os frades franciscanos sempre dirigiram o colégio, mantendo-o fiel aos princípios da Ordem. Depois da morte de Frei Bertrando já passaram pelo colégio o Frei Felix, de 1959 a 1962; frei Humbertino Backes, Eduardo Copray e Geraldi, de 1962 a 1967; frei Aristides Kasbergen, de 1967 a 1984; frei Dario Campos, de 1984 a 1991; Hilário Meekes, de 1991 a 2000.

Em 2001, assumiram a direção os Frades Francisco Carvalho Neto, Gilberto Teixeira, José Roberto Garcia e Pedro Carlos Ferreira. Em 2002 e 2003, respectivamente, Pedro e Zé Roberto deixaram a direção do colégio, e o Frei Flávio Silva Vieira deu seqüência ao trabalho na área de pastoral.

Frei Jonas Nogueira da Costa assumiu a direção Pastoral no final de 2006. Frei Jacir de Freitas Faria é diretor Geral e Pedagógico também desde o final de 2006. Já o frei Alexsandro Rufino da Silva é o diretor Administrativo e Financeiro desde o final de 2007.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Faixa comemorando o centenário da instituição.
  • 1909 Fundação do Colégio Santo Antônio, em São João del-Rei.
  • 1950 Inauguração da sede em Belo Horizonte, inicialmente voltada para o curso científico.
  • 1964 Inauguração do Santuário de Santo Antônio.
  • 1977 Instalação do Coleginho, que recebeu as primeiras séries do Ensino Fundamental.
  • 1992 Implantação do ensino de informática. Construção do prédio do Coleginho e da Capela de São Francisco.
  • 1999 Implantação do Projeto Gratuidade Educacional para atender alunos carentes.

Características[editar | editar código-fonte]

Quinto lugar no Brasil no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) de 2010, o Colégio Santo Antônio (CSA) é mantido pela Associação Franciscana de Educação e Assistência Social. Ela pertence à Província Santa Cruz, subdivisão interna da Ordem dos Frades Menores, criada em 1209 por São Francisco de Assis.

Os atuais diretores do Colégio Santo Antônio são frei Jacir de Freitas Faria (Geral e Pedagógico), frei Alexsandro Rufino da Silva (Administrativo e Financeiro) e frei Jonas Nogueira da Costa (Pastoral). No dia 1º de maio de 2009, o Colégio Santo Antônio completou 100 anos. A excelência acadêmica e a formação humanística, prezando valores como ética, justiça e fraternidade, são marcas da instituição.

O Colégio Santo Antônio conta com a Unidade de Ensino Fundamental 1 (Coleginho), localizada na Rua Pernambuco, 732 - Funcionários. Nela estudam os alunos de 1ª a 5ª séries. Já a Unidade de Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio está localizada na Rua Pernambuco, 880 - Funcionários. Lá estudam os alunos de 6ª a 9ª séries do Ensino Fundamental e os do Ensino Médio.

Com professores qualificados, bibliotecas com mais de 30 mil volumes e vários laboratórios, o CSA oferece condições para que os alunos possam desenvolver seu conhecimento. Eles também são orientados a estudarem de 2 a 3 horas por dia. Os resultados têm sido bastante positivos. Um exemplo são os Vestibulares/2009, quando houve mais de 500 aprovações.

No âmbito pedagógico, o CSA conta com o "CSA Avançado", que é uma oportunidade para que os alunos do Ensino Médio possam ir além do que é oferecido em sala de aula. É uma espécie de iniciação científica, que leva os alunos a fazerem pesquisas bibliográficas e de campo. Os trabalhos produzidos serão publicados numa revista científica, a ser lançada ainda neste ano.

Fachada do coleginho, a unidade para alunos de 1ª a 5ª séries.

Na parte Pastoral, o CSA oferece cursos de Primeira Eucaristia e Crisma. Também são realizadas celebrações em datas importantes do calendário litúrgico, como Páscoa, Mês de Maria, Santo Antônio, São Francisco e Natal. É oferecido ainda um Curso de Carisma Missionário Franciscano para professores e funcionários.

Uma série de atividades extra-curriculares são oferecidas pelo CSA nas áreas artística e esportiva. Os alunos fazem aulas de violão, violino, flauta, ballet, jazz, dança folclórica, futsal, handebol, voleibol e basquete. O Colégio conta ainda com três corais e uma orquestra experimental.

O CSA também conta com o Serviço Social, que cuida dos projetos que desenvolve nessa área. Atualmente, o Projeto Gratuidade Educacional oferece mais de 300 bolsas de estudo para alunos oriundos de famílias de baixa renda. Eles também recebem uniforme, livros e material escolar. São feitas também parcerias com entidades que desenvolvem trabalhos sociais.

O slogan do centenário do Colégio Santo Antônio resume bem o trabalho que tem sido feito ao longo de sua existência: "Há um século ensinando Paz e Bem!" O slogan citado acima foi escolhido através de um concurso entre os alunos, em 2008.

Grêmio Estudantil[editar | editar código-fonte]

O Grêmio do Colégio Santo Antônio é bastante ativo e recebe apoio da direção e dos professores. No período de eleições, o Grêmio realiza um trabalho de conscientização dos alunos, promovendo o debate entre candidatos a cargos eletivos e convidando juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MG) para dar palestras.

No setor cultural, o Grêmio e seu Departamento de Relações Internas (DRI) desenvolvem projetos como o "Cinema em Debate" e "Leitura dos Clássicos". Ele promove ainda o Festival de Bandas, no horário do recreio. Os alunos votam nas melhores bandas e as vencedoras tocam no "Festival de Sorvete", também promovido pelo Grêmio.

Organização[editar | editar código-fonte]

Entrada do Ginásio Frei Aristides, no Colégio Santo Antônio.

Espaço[editar | editar código-fonte]

O colégio é dividido em duas unidades: a Unidade de Ensino Fundamental 1 (1ª a 5ª séries do Ensino Fundamental), conhecida como Coleginho e a Unidade de Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio (6ª a 9ª séries, além das três séries do Ensino Médio), chamada de Colejão.

Coleginho

O atual prédio do "Coleginho" está localizado na Rua Pernambuco, 732 - Funcionários e foi inaugurado em 1998. Ele conta o prédio, onde ficam as salas de aula, o Auditório Frei Hildeberto Polman, secretaria e cantina. Há ainda as quadras e o Parque do Fradinho.

Alunos que completaram a 5a série no CSA/Coleginho ganham o direito de estudar na divisão CSA/Colejão.

Colejão

O Colejão está localizado na Rua Pernambuco, 880 - Funcionários. Recentemente, foi reformado o Prédio Frei Bertrando, onde funcionam dois novos auditórios, salas de aula, salas para as Assessorias de Comunicação, Pastoral, Serviço Social e Coordenação. Lá também fica a Rádio/Estúdio CSA, que envolve alunos, professores e funcionários.

Também fazem parte do Colejão dezenas de salas de aula, a Biblioteca Professor Mauro Vilela, a`Praça do TAU e os Laboratórios de Biologia, Ciências, Física e Química.

No Colejão vigora, há alguns anos, a política da liberdade com responsabilidade. Os portões ficam abertos para que os alunos do Ensino Médio possam sair do Colégio na hora do recreio para lanchar ou passear pelas imediações. A saída em horário de aula também é totalmente livre.

Para estudar no CSA[editar | editar código-fonte]

O processo de admissão para o Colégio Santo Antônio acontece no final de setembro. As datas, horários, critérios para aprovação são divulgados no sítio oficial. As inscrições poderão ser feitas a partir da segunda semana de agosto.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]