Colégio Tiradentes da Polícia Militar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
CTPMMG
Colégio Tiradentes da PMMG
Tipo Público
Fundação 10 de novembro de 1949 (64 anos)
Localização Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Unidades 5
Cursos oferecidos ensino fundamental, ensino médio
Comandante Ten Cel. Nilma Fróes Vieira
Cores Azul marinho brilhante, Ouro e Vermelho
Afiliações Estado de Minas Gerais e Polícia Militar de Minas Gerais
Página oficial CTPM

O Colégio Tiradentes da Polícia Militar é uma instituição militar de ensino pública localizada na cidade de Belo Horizonte que é considerada Estadual, devido à PMMG fazer parte do estado.

História[editar | editar código-fonte]

Em 16 de março de 1937, ingressou na Polícia Militar de Minas Gerais, na cidade de Barbacena, como soldado, o Coronel QOR Argentino Madeira. À época observara que nenhum integrante da Polícia Militar estudava no Colégio Estadual de sua cidade, que abrigava somente as elites locais. Incomodava também ao jovem militar, o baixo nível cultural dos instrutores, mesmo quando a instrução era especificamente militar.

Em 1946, após concluir o Curso de Formação de Oficiais, o aspirante Argentino Madeira retornou a Barbacena e fundou no 9º BPM a Escola Regimental, onde ministrava aulas. Ainda em 1946, já transferido para Belo Horizonte e servindo no EMPM, se matriculou na Faculdade de Filosofia. Neste período a idéia de criação de um ginásio destinado aos servidores da PM e seus dependente começou a tomar consistência, embora muito combatida. Mas o Tenente Argentino Madeira contava com o apoio de vários oficiais da PM, dentre eles Manoel de Almeida, José Gonçalves, Waldir Fourreaux e Jacinto do Amaral. Com promulgação da Lei Nº. 480, de 10/11/49, pelo Governador Milton Soares Campos, foi criado no Departamento de Instrução (DI), em Belo Horizonte, o Ginásio Tiradentes da Polícia Militar. Esta conquista foi fruto do esforço e ideal de alguns oficiais, especialmente o Aspirante PM Argentino Madeira, com a colaboração de toda Corporação. O objetivo era oferecer educação escolar aos militares e seus dependentes. Estava dado o primeiro e mais importante passo, pois, em 1951 o Ginásio Tiradentes foi transformado em “Colégio Tiradentes”. Seu primeiro diretor foi o professor e advogado Carlos Porfírio dos Santos, sucedido pelo tenente Argentino Madeira, hoje Coronel PM QOR, que permaneceu no cargo até 28/06/71, dedicando duas décadas de relevantes serviços à comunidade escolar. [1] [2]

Qualidade de Ensino[editar | editar código-fonte]

Na atualidade o ensino do colégio tem reconhecimento federal, por sua excelência em resultados de provas nacionais como o ENEM (exame nacional do ensino médio). Em Belo Horizonte, sempre tem todas as suas unidades entre as 10 melhores escolas públicas, tanto do Ensino Fundamental(Ideb[3] )[4] , quanto no Ensino Médio(ENEM).

Critérios de avaliação[editar | editar código-fonte]

Pontuação[editar | editar código-fonte]

O ano letivo é dividido em três etapas:

1ª Etapa: 30 pontos Média: 18
2ª Etapa: 30 pontos Média: 18
3ª Etapa: 40 pontos Média: 24
Frequência de no mínimo 75% das aulas dadas

Provas[editar | editar código-fonte]

Ensino Médio[editar | editar código-fonte]

A cada etapa, por matéria:

  • 1 Prova Mensal
  • 1 Simulado
  • 1 Prova no final da etapa
  • 1 Prova de Recuperação

Hino[editar | editar código-fonte]

[5] Letra: Olavo Bilac
Música: João Soares de Souza

Ouve, ó Mártir, teu nome exaltado,
Este canto de amor e de paz!
Nesta casa, teu sonho, brilhando,
Ganha corpo, e verdade, se faz!
Salve, Herói o teu sangue sagrado,
Abençoou, fecundou este chão...
Deste chão por teu sangue regado,
Almas livres ao sol brotarão!

Mártir sublime da verdade,
Do teu exemplo é que nos vem,
A paz, o estudo e a liberdade,
Os frutos da Árvore do bem! (BIS)

A semente que à terra lançaste,
Hoje é tronco frondoso e viril...
Estes filhos da terra que amaste
Como tu hão de amar o Brasil!
Em memória de tua tortura.
O teu nome ao povir nos conduz...
Tiradentes teu nome perdura
Neste tempo do estudo da luz.

Mártir sublime da verdade,
Do teu exemplo é que nos vem,
A paz, o estudo e a liberdade,
Os frutos da Árvore do bem! (BIS)

Unidades[editar | editar código-fonte]

Barbacena , Governador Valadares, Argentino Madeira, Nossa Senhora das Vitórias (NSV), Minas Caixa, Gameleira, Contagem, Betim, Montes Claros, Patos de Minas, Ipatinga, Manhuaçu, Lavras e Passos.

Obras Notáveis[editar | editar código-fonte]

  • Ao final de 2001, foi inaugurado um novo anexo, pois antes o espaço era pequeno para tantos alunos.
  • No ano de 2012, foi iniciadas obras para a reforma de partes da unidade Argentino Madeira

Composição[editar | editar código-fonte]

  • 1 - Auditório;
  • 2, 3 e 13 - Quarenta e quatro salas de aula, para cerca de cento e noventa professores e três mil e seiscentos alunos;
  • 4 - Quadra coberta para Futsal, Vôlei, Basquete e Handebol;
  • 5 - Cantina;
  • 6 - P2;
  • 7 - SAS;
  • 8 - Quadra grande aberta para Futsal e Handebol;
  • 9 - Piscina;
  • 11 - Quadra pequena aberta para Futsal, Vôlei, Basquete, e Handebol;
  • 10 - Quadra pequena aberta para Futsal, Vôlei e Handebol;
  • 12 - Ginásio poliesportivo para Futsal, Vôlei, Basquete e Handebol.

Esportes[editar | editar código-fonte]

Esta unidade conta com equipes masculinas e femininas de Futsal e Handebol e também uma equipe mista de atletismo. Em breve, haverá também uma equipe de Voleibol.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]