Colégio da Polícia Militar do Paraná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colégio da Polícia Militar
Portão de entrada do Colégio da Polícia Militar do Paraná..jpg
Portão de entrada do CPM/PMPR.
País  Brasil
Estado  Paraná
Corporação Polícia Militar do Paraná
Subordinação Diretoria de Ensino
Missão Instituição de ensino
Denominação Coronel Felippe de Sousa Miranda
Sigla CPM
Criação 1959
Aniversários 7 de Agosto
Insígnias
Brasão usado
pelos militares
do CPM.
PMPR CPM.PNG
Emblema usado
pelos alunos
do CPM.[1]
Cpm brasao by asp theodoro.png
Comando
Comandante Major Josseguai Ribeiror[2]
Subcomandante Cap Alfredo Euclides Dias Netto[2]
Sede
Sede Curitiba
Bairro Portão
Endereço Rua José Ferreira Pinheiro, n° 349
Internet Página oficial

O Colégio da Polícia Militar (CPM) é uma instituição de ensino da Polícia Militar do Paraná (PMPR), responsável por ministrar parte do Ensino Fundamental (da sexta à nona série) e o Ensino Médio. Ele está subordinado à Diretoria de Ensino da Corporação, e vinculado à Secretaria Estadual de Educação.

História[editar | editar código-fonte]

  • Em 1959 o Curso Ginasial adquiriu autonomia do Centro de Formação e Aperfeiçoamento (CFA) e passou a denominar-se Ginásio da Polícia Militar do Paraná[3] . Inicialmente o Ginásio tinha por objetivo atender somente aos policiais militares e seus dependentes, mas com o passar do tempo estendeu suas atividades à comunidade em geral.
  • Em 1966 foi elevado a Colégio da Polícia Militar do Paraná[4] , passando a ministrar o ensino secundário de primeiro ciclo (curso ginasial) e de segundo ciclo (curso científico).
  • Em 1970 adquiriu sua primeira sede própria, localizada na rua Almirante Gonçalves, no bairro Rebouças. E nesse mesmo ano iniciou-se o primeiro curso para o sexo feminino. O curso feminino ocorria pela manhã e o curso masculino à tarde.
  • Em 1973 foi formada a Banda de Música.
  • Em 1981 recebeu a denominação de Coronel PM Felippe de Sousa Miranda, em homenagem ao seu primeiro comandante[5] .
  • Em 2007 recebeu sua sede atual na rua José Ferreira Pinheiro, n° 349, no bairro Vila Izabel.
  • Em 2009 surge a Lenda do 1-I, noturno, de 2009.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Antiga sede do CPM no bairro Rebouças.
Sede atual do CPM no bairro Portão.

Divisão de Ensino[editar | editar código-fonte]

Equipe de Apoio[editar | editar código-fonte]

Instalações[editar | editar código-fonte]

Patrono do CPM[editar | editar código-fonte]

Tenente Felippe Miranda.

O patrono do Colégio da Polícia Militar do Paraná é Felippe de Sousa Miranda.[6]

De origem humilde, trabalhou desde criança como vendedor de jornais. Em 24 de dezembro de 1907, aos quinze anos de idade, assentou praça no Regimento de Segurança, atual Polícia Militar do Paraná; tendo participado da Guerra do Contestado e da Revolução de 1932.

Com estudo e determinação, tornou-se médico, advogado, farmacêutico, agrônomo, e professor. Teve ativa participação na instrução da tropa, atuando como instrutor de língua portuguesa, inquérito policial militar e medicina legal do Centro de Formação e Aperfeiçoamento (CFA), atual Academia Policial Militar do Guatupê.

Em 1959, ao ser criado o Ginásio da Polícia Militar do Paraná, atual CPM/PMPR, foi designado como professor de português e primeiro diretor.

Hierarquia[editar | editar código-fonte]

Devido à natureza militarizada do CPM, os alunos estão classificados hierarquicamente. Os alunos do ensino fundamental usam insígnias nas mangas dos uniformes, e os do ensino médio usam insígnias nas passadeiras; correspondendo uma barra para cada ano de curso.
Nas camisetas e agasalhos são usados retângulos com o número correspondente ao ano letivo; do número cinco ao oito para o ensino fundamental, e do número um ao três para o ensino médio.

Insignia CPM F.PNG
Ensino fundamental
Insignia CPM M.PNG
Ensino médio
Insignia CPM C.PNG
Camisetas e agasalhos

Comando de Unidade Escola[editar | editar código-fonte]

Os alunos que concluírem determinadas exigências internas são considerados isentos do exame intelectual para admissão no Curso de Formação de Oficiais (CFO). Visando facilitar a transição para a Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), entre os alunos do terceiro período do ensino médio, são eleitos os que tenham atingido as melhores colocações para exercerem funções de Comando de Escola. Essa função estende-se para todo ano letivo; não pode ser destituída; e têm validade unicamente para as situações de formaturas, desfiles e solenidades análogas. Os comandos são representados por insígnias específicas, usadas nas passadeiras dos fardamentos.

CPM P 1.PNG CPM P 2.PNG CPM P 3.PNG CPM P 4.PNG CPM P 5.PNG CPM P 6.PNG
A B C D E F

A - Comandante de batalhão-escola, B - subcomandante de batalhão-escola, C - comandante de companhia-escola, D - subcomandante de companhia-escola e auxiliar-chefe, E - comandante de pelotão-escola, F - comandante-auxiliar.

Torçais de Comando[editar | editar código-fonte]

Os torçais representam a autoridade investida do aluno. As funções de subchefe de turma e auxiliar são exercidas por alunos da mesma classe, em caráter temporário e rotativo. O fourragère é usado por todo o efetivo, exclusivamente com o uniforme de gala.

CPM Torçal 9.PNG CPM Torçal 1.PNG CPM Torçal 2.PNG CPM Torçal 3.PNG CPM Torçal 4.PNG CPM Torçal 5.PNG CPM Torçal 6.PNG CPM Torçal 8.PNG
1 2 3 4 5 6 7 8

1 - Fourragère do uniforme de gala, 2 - comandante de batalhão-escola, 3 - subcomandante de batalhão-escola, 4 - comandante de companhia-escola, 5 - subcomandante de companhia-escola, 6 - comandante de pelotão-escola, 7 - auxiliar, 8 - relações públicas.

Banda de Música[editar | editar código-fonte]

A Banda de Música do CPM foi criada no ano de 1976 na categoria de fanfarra simples, e desde então vem atendendo à comunidade com as suas apresentações, que vão desde Dia das Mães até festas natalinas.

A banda tem como principal objetivo desenvolver no aluno o interesse pela arte musical, promovendo o cultivo da arte e, principalmente, manter acesa a chama do civismo entre os alunos. Para fazer parte da banda o aluno não necessita ter conhecimentos musicais, basta somente ter disponibilidade de tempo para as aulas teóricas e práticas, as quais variam de acordo com o instrumento musical que o aluno optar. Todos os ensaios são realizados nas instalações do próprio colégio.

Banda de Música do CPM.
Desfile do CPM no Centro Cívico.

Em 1990 a banda passou a ser chamada de Banda Marcial.

Em 1992 passou à categoria de Banda Musical.

Atualmente, em 2010, ela é formada por um efetivo de aproximadamente sessenta alunos, dos quais a maioria são do próprio colégio. A banda é regida pelo 2º Sargento Elizeu da Silva.

Principais méritos conquistados:[editar | editar código-fonte]

  • 1981 - Campeã Nacional;
  • 1982 - Bicampeã Estadual;
  • 1983 - Tricampeã Estadual;
  • 1984 - Tetracampeã Estadual;
  • 1985 - Pentacampeã Estadual;
  • 1986 - Hexacampeã Estadual;
  • 2013 - Primeiro lugar na categoria de Banda de Marcha no 23º Concurso Interestadual de Fanfarras e Bandas (Cinfaban) que aconteceu na cidade de Porto União, Santa Catarina. Durante o campeonato a guarda bandeira e bandeiras históricas também ficaram com a primeira colocação na comissão de frente.[7]

A Banda de Música do CPM está presente em quase todas as solenidades militares, e possui um repertório próprio baseado em músicas de diversos gêneros musicais. Em 2010 realizou diversas apresentações, das quais se destacam:

Medalha de Mérito Escolar[editar | editar código-fonte]

O CPM possui uma condecoração para destacar o bom desempenho de seus estudantes; a qual é denominada Medalha Coronel PM Felipe de Sousa Miranda.[8] Ao final do ano letivo essa condecoração é conferida aos alunos que tenham alcançado média igual ou superior a oito em todas as disciplinas nos três trimestres do ano respectivo ou que tenham obtido uma média geral igual ou superior a nove com nenhuma nota inferior a sete em qualquer disciplina.

Barreta CPM PMPR.PNG
Barreta correspondente a quatro
Medalhas de Mérito Escolar.

Atividades desportivas[editar | editar código-fonte]

Papel de parede - 51 anos do Colégio da Polícia Militar.

A prática de esportes é bastante incentivada no CPM, e a instituição possui diversas conquistas em competições municipais, estaduais, nacionais e até internacionais. O CPM já foi campeão municipal e estadual de futsal, voleibol e de xadrez. Dos esportes praticados em equipe, os que conquistaram maiores glórias foram o voleibol masculino e o handebol, tanto o masculino quanto o feminino.

Associação de Pais e Mestres[editar | editar código-fonte]

A Associação de Pais e Mestres (APMF) foi criada em 06 de janeiro de 1972, por iniciativa do então Diretor do CPM, capitão Wantuil Borges. A APMF é o órgão destinado a promover o intercâmbio entre a família do aluno, os mestres, o comando do estabelecimento e propor medidas que visem o aprimoramento do ensino e assistência, de modo geral, ao corpo discente. Dirigida por diretoria própria, a Associação de Pais, Mestres e Funcionários está vinculada ao Comando do estabelecimento a quem cabe homologar os atos ordinários da entidade.[2]

Clube de Mães e Amigas[editar | editar código-fonte]

O Clube de Mães e Amigas é uma entidade sem fins lucrativos que foi criada para apoiar as ações e eventos da Associação de Pais e Mestres. O clube está subordinado ao comando do CPM, que regula e autoriza suas ações.

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Colégio da Polícia Militar do Paraná
  1. Instituído pela Portaria do Comando Geral n° 981, de 13 de novembro de 1990.
  2. a b c Página oficial do Colégio da Polícia Militar do Paraná.
  3. Decreto n° 24.826, de 07 de agosto de 1959.
  4. Decreto n° 3.149, de 30 de dezembro de 1966.
  5. Decreto n° 3.992, de 04 de agosto de 1981.
  6. Página oficial do Colégio da Polícia Militar do Paraná.
  7. Banda de Música do CPM ganha primeiro lugar durante concurso no estado de Santa Catarina. Página oficial da Polícia Militar do Paraná, 28/08/2013.
  8. Portaria do Comando Geral nº 982, de 13 de novembro de 1990.
  9. Página oficial do CPM/PMPR