Colônia Espiritual Nosso Lar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O termo Colônia Espiritual Nosso Lar designa uma colônia espiritual supostamente fundada em meados do século XVI, por portugueses distintos, desencarnados no Brasil, localizada em algum ponto acima da cidade do Rio de Janeiro.

Essa colônia foi noticiada e descrita pela primeira vez no livro Nosso Lar[1] , de Chico Xavier, alegadamente pelo espírito de André Luiz.

Na época desse relato, aproximadamente por volta de 1950, Nosso Lar contaria com cerca de um milhão de habitantes espirituais, divididos entre várias tarefas, dentro e fora da colônia, designadas pela governadoria, em seus seis ministérios, a saber: Regeneração, Auxílio, Esclarecimento, União Divina, Comunicação e Elevação.

Essa cidade espiritual, como também outras, para onde seriam levados os espíritos socorridos vindos de várias partes do umbral e da crosta terrestre, e contaria com uma vasta rede viária, meios de transporte, arborização, praças, teatros, hospitais, escolas e outros.

Dividida em setores de trabalho (economia), lazer e residenciais, como qualquer metrópole terrena, a cidade de Nosso Lar apresentaria em sua planta um formato semelhante a uma grande estrela de seis pontas, ficando a Governadoria ao centro e em cada ramificação lateral a área destinada a cada um dos ministérios. Contaria ainda com postos de socorro espiritual espalhados por vários pontos das regiões do Brasil.

A cidade estaria localizada na ionosfera terrestre, lembrando que a ionosfera é uma das camadas da atmosfera terrestre, que possui extensão de 400 km (começa a cerca de 50 km da crosta terrestre e termina aproximadamente a 500 km acima dela).

Segundo o mesmo relato, o espírito André Luiz terá dito: Tudo é uma cópia melhorada do que temos na Terra.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Série A Vida no Mundo Espiritual, pelo espírito André Luiz, psicografada por Chico Xavier, editada pela Federação Espírita Brasileira:

  1. Nosso Lar (1944)
  2. Os Mensageiros (1944)
  3. Missionários da Luz (1945)
  4. Obreiros da Vida Eterna (1946)
  5. No Mundo Maior (1947)
  6. Libertação (1949)
  7. Entre a Terra e o Céu (1954)
  8. Nos Domínios da Mediunidade (1955)
  9. Ação e Reação (1957)
  10. Evolução em Dois Mundos (1958)
  11. Mecanismos da Mediunidade (1960)
  12. Sexo e Destino (1965)
  13. E a Vida Continua... (1968)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.