Colônia espiritual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Colônia Espiritual é um termo do Espiritismo, que designa um dos locais para onde vão as pessoas (espíritos) quando desencarnam e onde aguardam novas reencarnações, trabalhando e estudando.

São cidades espirituais que servem de morada para os espíritos com algum grau de evolução, ou seja, que praticaram relativamente o lema moral faça aos outros o que gostaria que os outros lhe fizessem.

Apresentam prédios, pátios, jardins, casas, parques, árvores, hospitais, lazer, bibliotecas, onde os espíritos trabalham, estudam, reúnem-se às suas famílias desencarnadas, quando possível, e descansam.

Tal conceito foi amplamente abordado na série denominada A Vida no Mundo Espiritual psicografada pelo espírito André Luiz, através do médium Chico Xavier, iniciada pelo livro Nosso Lar[1] .

Colônia é região, território situado fora do âmbito geográfico de uma soberania, e cuja posse e administração esta exerce[2] . As colônias espirituais estão nas regiões umbralinas (da primeira a quarta esfera espiritual acima da crosta terrestre), mas não são Umbral, pois são extensões extraterritoriais dos planos espirituais superiores (da quinta a sétima esfera espiritual acima da crosta terrestre). Por exemplo, Nosso Lar[3] está na terceira esfera espiritual sobre a cidade do Rio de Janeiro e Alvorada Nova[4] está na quarta esfera espiritual sobre as cidades de Santos, São Vicente, Praia Grande, Cubatão e Guarujá, no litoral do estado de São Paulo, ambas sobre o Brasil.

A codificação de Allan Kardec, obra básica da Doutrina Espírita, não se refere explicitamente às tais colônias. Mas na sua obra O Céu e o Inferno, segunda parte, cap. II - Espíritos felizes, temos reproduzidos trechos de comunicação, originalmente em alemão, de espírito que afirma ter sido uma condessa chamada Paula: Os vossos palácios de dourados salões, que são eles comparados a estas moradas aéreas, vastas regiões do espaço matizadas de cores que obumbrariam o arco-íris?[5]

Algumas obras espíritas que tratam de colônias espirituais são:

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3]
  4. [4]
  5. Página 269
  6. [5]
  7. PEREIRA, Yvonne A. e BOTELHO, Camilo Candido (espírito). Memórias de um Suicida.Editora FEB, 2004. 688p. ISBN 8573283726
  8. [6]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Série A Vida no Mundo Espiritual, pelo espírito André Luiz, psicografada pelos médiuns Chico Xavier e Waldo Vieira:

  1. Nosso Lar (1944)
  2. Os Mensageiros (1944)
  3. Missionários da Luz (1945)
  4. Obreiros da Vida Eterna (1946)
  5. No Mundo Maior (1947)
  6. Libertação (1949)
  7. Entre a Terra e o Céu (1954)
  8. Nos Domínios da Mediunidade (1955)
  9. Ação e Reação (1957)
  10. Evolução em Dois Mundos (1958)
  11. Mecanismos da Mediunidade (1960)
  12. Sexo e Destino (1965)
  13. E a Vida Continua... (1968)

Série Alvorada Nova, pelo espírito Cairbar Schutel, coordenada por Abel Glaser, editada pela Casa Editora O Clarim:

  1. Alvorada Nova (1992)
  2. Conversando sobre Mediunidade - Retratos de Alvorada Nova (1993)
  3. Eustáquio - Quinze séculos de uma trajetória (1995)
  4. Fundamentos da Reforma Íntima (1999)
  5. Guerra no Além - Interação entre os dois planos da vida (co-autoria espiritual com seus emissários - 2010)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.