Colônias suecas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Império Colonial Sueco
O Império sueco em 1650.

A Suécia teve 4 colónias na América do Norte e em África:

  • Nova Suécia (1638–1655) Junto ao rio Delaware.
  • Cabo Corso (1650–1658 e 1660-1663) No Golfo da Guiné.
  • Saint-Barthélemy (1785–1878) Nas Antilhas.
  • Guadeloupe (1813–1814) Nas Antilhas

Na Europa, a Suécia conquistou e ocupou a Finlândia (1154-1808) e a Estónia (1625-1710), assim como partes da Noruega, Letónia, Rússia e Alemanha.

A própria Suécia é hoje composta por várias províncias conquistadas à Dinamarca e à Noruega:

  • Escânia (Skåne) – desde 1658
  • Blekinge – sueca desde 1658
  • Halland – sueca desde 1658
  • Bohuslän - sueca desde 1658
  • Jämtland - sueca desde 1645
  • Härjedalen - sueca desde 1645
  • Dalecárlia (Dalarna) - sueca desde 1645

Referências gerais[editar | editar código-fonte]