Cold War (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Cold War"
Single de Janelle Monáe
do álbum The ArchAndroid (Suites II and III)
Lançamento 20 de setembro de 2010
Formato(s) CD single, download digital
Gravação 2008-10
Gênero(s) Indie rock, soul, new wave
Duração 3:23
Gravadora(s) Wondaland Arts Society/Bad Boy
Composição Nathaniel Irvin III, Charles Joseph II, Janelle Monáe Robinson
Produção Nate Wonder, Chuck Lightning, Janelle Monáe
Cronologia de singles de Janelle Monáe
Último
Último
"Tightrope"
(2010)
"We Are Young"
(2011)
Próximo
Próximo
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Cold War" é uma canção da cantautora norte-americana Janelle Monáe, lançada como o segundo single do álbum The ArchAndroid (Suites II and III) em 20 de setembro de 2010 pelas distribuidoras fonográficas Wondaland Arts Society e Bad Boy Records. Foi escrita por Nathaniel Irvin III, Charles Joseph II, Janelle Monáe Robinson e produzida por Nate Wonder, Chuck Lightning, Janelle Monáe.

Musicalmente trás influências de indie rock, música soul e new wave. O videoclipe da canção foi lançado em 5 de agosto de 2010 e mostra Monáe se expressando em frente a câmera enquanto canta, e foi apresentada na quinquagésima terceira edição do Grammy Awards. "Cold War" alcançou a posição 37 da parada musical da Bélgica.

Composição e recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Musicalmente, "Cold War" é uma canção indie rock, soul e new wave,[1] [2] que "possui ganchos fortes, uma batida 'fortemente adocicada'"[3] e uma abundância de ficção científica.[2] Monáe anuncia uma vingança ao público nacional na canção,[4] dizendo "As entranhas vem e todos os poderosos irão desmoronar/Nós devemos ser valentes está noite e ter fé no mundo".[nota 1] Dan Nishimoto do portal Prefix, em revisão ao álbum The ArchAndroid (Suites II and III), notou que o tema do single faz você esquecer as memórias tristes da canção "Violet Stars Happy Hunting!", disponível no extended play da artista, Metropolis: Suite I (The Chase) (2007).[3] Matthew Cole da Slant Magazine disse que "[Cold War] desencadeia um cinturão que faria inveja a Beyoncé".[5]

Vídeo musical e apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Monáe após derramar lágrimas espontâneas durante o vídeo.[6]

O videoclipe da "Cold War" foi gravado em um fundo preto no auditório do sanatório The Palace of the Dogs, sob direção de Wendy Morgan[7] e foi lançado em 5 de agosto de 2010 no seu canal oficial do site de compartilhamento de vídeos Youtube.[8] O vídeo foi filmado primeiro do que o vídeo de "Tightrope" — primeiro single do álbum The ArchAndroid (Suites II and III) —, cuja gravação aconteceu no dia seguinte.[8] Em uma entrevista para revista Rap-Up, Monáe explicou o conceito do vídeo, dizendo:

Cquote1.svg [O vídeo] trata de uma psicose — você está em minha mente e você terá uma chance de entender Metropolis, onde tudo surgiu [a partir] dos meus pensamentos. É muito psicodélico e alucinante.[6] Cquote2.svg

No registro, Monáe aparece nua dos ombros para cima, filmada em uma só tomada, focando em seu rosto. Em frente a câmera, a músico faz caretas e sorrisos, chorando em alguns momentos.[8] [7] "Cold War" foi apresentada na quinquagésima terceira edição do Grammy Awards em 13 de fevereiro de 2011, aonde Monáe estava vestindo uma camisa branca, uma calça e uma longa capa preta, com suporte do rapper B.o.B. na guitarra e o cantor Bruno Mars na bateria.[9] Michael Barthel, do portal Pop Dust considerou a performance de Monáe um dos destaques da noite do Grammy, confirmando que a músico cresceu desde a abertura do show do cantor Prince no Madison Square Garden, mêses antes da premiação.[4]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

"Cold War" foi lançada em apenas dois formatos, como CD single e download digital, sendo o primeiro formato comercializado apenas na Bélgica, com a faixa original do álbum The ArchAndroid (Suites II and III).

CD single[10]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Cold War"   Nathaniel Irvin III, Charles Joseph II, Janelle Monáe Robinson Nate Wonder, Chuck Lightning, Janelle Monáe 3:23

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"Cold War" alcançou a posição 37 na parada músical da Bélgica Ultratop 40, na região da Valônia e permaneceu por uma semana em atividade.[10]

País/Parada musical (2010) Melhor
posição
 Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[10] 37

Créditos de elaboração[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de "Cold War", de acordo com o encarte acompanhante do álbum The ArchAndroid (Suites II and III).[11]

Notas

  1. No original: All the tripes come and the mighty will crumble/We must brave this night and have faith in the world

Referências

  1. Janelle Monáe - Cold War. MTV IGGY. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  2. a b Cragg, Michael (9 de julho de 2010). Janelle Monáe: The ArchAndroid. The Guardian. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  3. a b Nishimoto, Dan (21 de maio de 2010). Album Review: Janelle Monáe - The ArchAndroid. Prefix. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  4. a b Barthel, Michael (13 de fevereiro de 2011). Instante Grammy Review: B.o.B, Bruno Mars/Janelle Monáe. Pop Dust. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  5. Cole, Matthew (18 de maio de 2010). Janelle Monáe - The ArchAndroid (Suites II and III of IV). Slant Magazine. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  6. a b Video: Janelle Monáe – ‘Cold War’. Rap-Up (5 de agosto de 2010). Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  7. a b Hasty, Katie (6 de agosto de 2010). Janelle Monae gets up close and personal in captivating 'Cold War' music video. Hit Fix. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  8. a b c Janelle Monae Debuts Music Video for 'Cold War'. Aceshowbiz (5 de agosto de 2010). Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  9. Ziegbe, Mawuse (13 de fevereiro de 2011). Bruno Mars, B.o.B, Janelle Monae Turn In Throwback Grammy Set. MTV. Página visitada em 6 de janeiro de 2012.
  10. a b c d Janelle Monáe - Cold War (em bélgico). ultratop.be. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  11. (2010) Créditos do álbum The ArchAndroid (Suites II and III) por Janelle Monáe. Wondaland Arts Society/Bad Boy.