Colegas (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colegas
Buddies (USA)
Pôster promocional do filme no Brasil.
 Brasil
2013 • cor • 94 min 
Direção Marcelo Galvão
Produção executiva Marçal de Souza
Narração Lima Duarte
Elenco Ariel Goldenberg
Rita Pokk
Breno Viola
Lima Duarte
Rui Unas
Deto Montenegro
(ver mais)
Gênero Aventura, comédia
Idioma Português
Música Ed Côrtes
Cinematografia Rodrigo Tavares
Edição Marcelo Galvão
Estúdio Gatacine
Distribuição Europa Filmes
Lançamento 1º de março de 2013
Orçamento R$ 5,5 milhões[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Colegas é um filme de aventura e comédia brasileiro dirigido e roteirizado por Marcelo Galvão. O longa estreou em 1º de março de 2013, e é estrelado por Ariel Goldenberg, Rita Pokk e Breno Viola. Ele é o primeiro filme brasileiro protagonizado por atores com síndrome de Down.[2] O filme possui inspiração no filme americano Little Miss Sunshine (2006) e no Thelma & Louise (1991).[2] [3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Colegas é uma divertida aventura que trata de forma poética coisas simples da vida, através dos olhos de três personagens com síndrome de Down. Eles são apaixonados por cinema e trabalham na videoteca do instituto onde vivem. Um dia, inspirados pelo filme “Thelma & Louise”, resolvem fugir no Karmann-Ghia do jardineiro (Lima Duarte) em busca de três sonhos: Stalone (Ariel Goldenberg) quer ver o mar, Aninha (Rita Pokk) quer casar e Márcio (Breno Viola) precisa voar. Nesta busca, se envolvem em inúmeras aventuras como se tudo não passasse de um maravilhoso sonho.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco de apoio
  • Vicki Araujo como convidado do casamento
  • Roberto Birindelli como Maître
  • Marcelo Galvão como Naval
  • Oswaldo Lot como Joel
  • Anna Ludmilla como Mãe do Garoto Down
  • Monaliza Marchi como Mãe de Stallone
  • Nill Marcondes como Atendente da lanchonete
  • Giulia de Souza Merigo como Jazilma
  • Carlos Miola como Novaski
  • Mayte Piragibe como Sheula
  • Simone Teider como Garçonete do casamento
  • Alexandre Tigano como Chefe do Segurança
  • Elder Torres como Copeiro
  • Pedro Urizzi como Pai de Stallone
  • Daniele Valente como Elisa Gigli
  • Theo Werneck como Hércules

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Os laboratórios semanais com Ariel e Rita começaram em junho de 2008. Após uma seleção de casting com mais de 300 jovens com síndrome de Down, Breno foi selecionado para o papel em 2010 e teve dois meses para se preparar para as filmagens. Os bastidores de toda a preparação de atores, filmagens, participação em festivais, entre outros fatos, podem ser conferidos no blog oficial do filme Colegas e na página oficial do longa-metragem no Facebook. Vale destacar que a produção conta com outros 60 jovens com síndrome de Down no elenco de apoio.

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As filmagens aconteceram no Brasil e Argentina (São Paulo, Paulínia e região, Bertioga, Torres e Buenos Aires).[4] O filme foi rodado em 2010 e 2011.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme venceu inúmeros prêmios em importantes festivais de cinema no Brasil, Estados Unidos, Canadá, Rússia, Itália, Portugal e Chile, além de ter participado como filme de abertura ou na categoria hors-concours em diversos festivais de cinema no mundo. No circuito comercial, Colegas foi lançado nas salas de cinema no Brasil em 1º de março de 2013 através da Europa Filmes.

Campanha online[editar | editar código-fonte]

O protagonista do filme Colegas, Ariel Goldenberg, ficou conhecido pelo vídeo "Vem Sean Penn", no qual convidava seu ídolo, o ator Sean Penn, para assistir ao lançamento do filme ao seu lado.[5]

"Vem Sean Penn" conta a história de Ariel, um jovem com síndrome de Down que ama cinema e sempre correu atrás de seus sonhos. O vídeo teve mais de um milhão de acessos três dias após seu lançamento no Youtube, tendo sido também o sexto vídeo mais compartilhado do mundo na ocasião.

A campanha contou com várias personalidades brasileiras, convidando o ator Sean Penn para vir ao Brasil, incluindo o apresentador Otavio Mesquita, as atrizes Juliana Paes, Gabriela Duarte, Juliana Didone e Tania Khalill, os atores Bruno Garcia, Sergio Marone e Lima Duarte, cantores como Falcão e Rogério Flausino e comediantes como Marco Luque e Danilo Gentili.[6]

Embora Sean Penn não tenha vindo ao Brasil, Ariel foi a Los Angeles onde conheceu seu ídolo em um churrasco que o astro americano ofereceu em sua casa especialmente para ele.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref
2012 Festival de Gramado Melhor Direção de Arte Zenor Ribas Venceu [7]
Melhor Filme Marcelo Galvão Venceu [7]
Longa Metragem Brasileiro Breno Viola, Rita Pokk, Ariel Goldenberg Venceu [7]
Mostra Internacional de Cinema de São Paulo Melhor Filme Brasileiro Marcelo Galvão Venceu [8]
Melhor Filme Dramático Marcelo Galvão Venceu [8]
Festival de Cinema Latino-Americano de Trieste Melhor Filme Marcelo Galvão Venceu [8]
6th International Disability Film Festival Breaking Down Barriers Melhor Filme Marcelo Galvão Venceu [7]

Referências

  1. Naddeo, André (26 de fevereiro de 2013). Ator de 'Colegas' diz que não foi tratado como mongolóide Terra Networks. Visitado em 8 de março de 2013.
  2. a b Chan, Iana (7 de fevereiro de 2013). Filme "Colegas" é primeiro longa protagonizado por atores Down Educar para Crescer. Visitado em 8 de março de 2013.
  3. Filme "Colegas", de Marcelo Galvão, tem protagonistas com síndrome de Down Revista Sentidos Universo Online. Visitado em 8 de março de 2013.
  4. Colegas (2012) Internet Movie Database. Visitado em 8 de março de 2013.
  5. VEMSEANPENN: An Online Campaign To Get Sean Penn To Come To Brazil On March 1 | Made in Brazil
  6. Online campaign asks Sean Penn to come to Brazil | The Brazilian Post
  7. a b c d Longa brasileiro "Colegas" ganha prêmio em festival em Moscou Universo Online (12 de novembro de 2012). Visitado em 8 de março de 2013.
  8. a b c Filme brasileiro 'Colegas' é premiado no Festival de Trieste Folha de S. Paulo (18 de dezembro de 2012). Visitado em 9 de março de 2013.

Ligação externas[editar | editar código-fonte]