Colinas de Matobo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Colinas de Matobo *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Sunrise Matobo Zimbabwe.jpg
Parque Nacional de Matobo
País  Zimbabwe
Critérios C (iii) (v) (vi)
Referência 306
Coordenadas 20° 30' S, 28° 30' E
Histórico de inscrição
Inscrição 2003  (27ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

As Colinas de Matobo (ou Colinas de Matopas), a cerca de 50 km a sul de Bulawayo, na província de Matabeleland Sul, Zimbabwe, são um conjunto de formas rochosas que se erguem acima do escudo granítico que cobre a maior parte deste país. Os grandes rochedos são abrigos naturais e têm estado associados à ocupação humana desde o início da Idade da Pedra até tempos históricos mais recentes. Neles se encontra uma das maiores colecções de arte rupestre da África Austral.

O material encontrado nestas formações e as pinturas dão uma imagem muito pormenorizada da vida das sociedades da Idade da Pedra e da forma como as sociedades de agricultores as substituíram. As colinas de Matobo continuam a ter importância para as comunidades locais, que visitam certos lugares sagrados para cerimónias ligadas às suas actividades traditionais, tanto sociais como económicas. A religião Mwari, com centro em Matobo e que parece ter origem na Idade da Pedra, é a mais importante tradição oracular na África Austral.

O local encontra-se incluído no Parque Nacional de Matobo, que é igualmente uma área de conservação da natureza.

Mzilikazi, o fundador da nação Ndebele, que se encontra enterrado numa das colinas, foi quem deu o nome a esta área. Aparentemente, os blocos de granito recordaram-lhe uma reunião dos seus indunas e chamou-lhes “amaTobo” ou “os carecas”. O espólio de Mzilikazi, incluindo carros e móveis, foram guardados por mais de um século numa cave próxima, e neste momento podem ser observados através de pequenas aberturas nas rochas. Cecil John Rhodes, o grande colonialista britânico da África Austral no século XIX, também se encontra enterrado nas Colinas de Matobo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]