Colorimetria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Espectro de cores.

Colorimetria é a ciência e o conjunto de tecnologias envolvidos tanto na quantificação quanto na investigação física e psicológica do fenômeno de percepção de cores pelos seres humanos.

Características[editar | editar código-fonte]

Para aferição da cor, esta será divida em três características específicas - o tom (matiz ou tonalidade), a luminosidade (ou claridade) e a saturação (pureza ou vivacidade).

  • Tom - também traduzido como matiz ou tonalidade (do inglês: hue) é fisicamente o intervalo de longitude de onda entre o qual se pode escrever uma determinada cor. Na prática, é a característica que faz com que possa se reconhecer uma cor como sendo vermelha, uma outra como sendo azul, e assim por diante.
  • Luminosidade - também chamada de claridade (do inglês: lightness) é a característica que faz com que a cor apareça mais clara ou mais escura do que uma outra, independentemente de sua saturação.
  • Saturação - termo também conhecido como pureza ou vivacidade (do inglês, pelo grego: chroma) é o atributo da cor que indica o grau de saturação de uma cor em termos do seu conteúdo cromático. As cores da natureza são sempre mais ou menos saturadas. As cores mais saturadas são aquelas que não são originárias de pigmentos, mas sim de fenômenos interferenciais. No procedimento fotográfico, especialmente no indireto (negativo-positivo ou positivo-positivo), a saturação do corante tem uma função determinante na qualidade do resultado final.

Referências

Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre fotografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.