Comédia MTV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Televisão.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde dezembro de 2011.

Comédia MTV
Informação geral
Formato Programa de variedades
Gênero Humorístico
Duração 1 hora - 45 minutos
Criador(es) Lilian Amarante, Gabriel Muller, Alvaros Campos. Sansa F.
País de origem  Brasil
Produção
Diretor(es) Gabriel Muller, Tuca Paoli, Marcelo Botta e Gabriel Barros (2010)
Gabriel Barros e Rafael Queiroga (2011)
Produtor(es) Ordilei Oliveira, Juliana Boscardin, William Alencar
Apresentador(es) Marcelo Adnet
Narrador(es) Marcelo Adnet
Elenco Marcelo Adnet
Rafael Queiroga
Dani Calabresa
Bento Ribeiro
Talita Werneck
Paulo Serra
Rodrigo Capella
Guilherme Santana
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil MTV Brasil
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 3 de março de 2010 - março de 2012
N.º de temporadas 2
Cronologia
Último
Último
Furfles MTV
(2009)
Comédia MTV Ao Vivo
(2012)
Próximo
Próximo
Programas relacionados 15 Minutos
Quinta Categoria
Furo MTV

Comédia MTV foi um programa de televisão brasileiro, do gênero humorístico produzido pela MTV Brasil. Estreou em março de 2010[1] ; em 2012 mudou de formato, perdeu quatro dos nove integrantes e passou a se chamar Comédia MTV Ao Vivo.

O Programa[editar | editar código-fonte]

O elenco do programa reúne os humoristas Marcelo Adnet, Dani Calabresa, Bento Ribeiro, Fabio Rabin, Rafael Queiroga e Guilherme Santana, além da equipe do Deznescessários (Paulinho Serra, Tatá Werneck e Rodrigo Capella); jovens atores que fazem parte da cena stand-up comedy do Brasil. O programa é dirigido por Rafael Queiroga e Gabriel Barros e vai ao ar na terça-feira, às 22h30, sendo reprisado na quarta (00h30), quinta (16h30),sábado (22h15) e aos domingos (18h00).[2] Ao contrário do seu antecessor, Furfles MTV, o Comédia não possui temas.

Em 2010 o programa contou com um amplo grupo de redatores e colaboradores da área da humor, entre eles Rafael Queiroga, Álvaro Campos, Teo Poppovic, Yuri Moraes, Flávia Boggio, Pedro HMC, Marcelo Zorzanelli, Sansa F. e Marcel Aires. Em 2011, o programa passou a trabalhar com o esquetes escritas pelo próprio elenco, tendo apenas Teo Poppovic como redator externo e Rafael Queiroga como redator final.

As gravações do programa alternam entre o chroma-key, gravações externas e o cenário que reproduz um bar, onde fica também a plateia do programa. Apresenta sketches com um humor surreal e imprevisível, muitas vezes humor negro, mas abordado com inteligência. Segundo o próprio Marcelo Adnet, o Comédia MTV tem como principais influências o grupo inglês Monty Python, além de TV Pirata, Saturday Night Live e Human Giant. Muitas vezes, os membros do programa se autodepreciam, como quando Marcelo Adnet fingiu brigar com a plateia e reclamou do salário, as frequentes piadas que questionam a sexualidade de Rodrigo Capella, ou nas inúmeras vezes em que Paulo Serra caçoou de sua própria calvície. Tal irreverência humorística rendeu ao programa o Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) de Melhor Programa de Comédia 2010.

O programa, em 2010, contou ainda com colaborações externas, exibidas nos blocos chamados "Comédia Extra", apresentando estilos de comédia diferentes do feito no programa principal. Os colaboradores do Comédia Extra foram o videoblogueiro PC Siqueira e os grupos de comédia Programa Galo Frito e GANGBANG (estes últimos ocasionalmente também contracenam com o elenco principal nos esquetes do Comédia MTV). Com a diminuição do programa para 45 minutos em 2011, o bloco foi extinto. Entretanto, o Comédia MTV não deixou de ter colaboradores. Desde março de 2011, o programa passou a ter apoio do grupo de humor paulistano-santista Salt Cover (mantido desde 2008 no Youtube pelo editor profissional Igor C. Barros e que desde 2010 possui integrantes próprios) na parte das sátiras gráficas (vinhetas, GCs, etc...) para os esquetes do Comédia, além de contribuir para os roteiros de alguns deles.

Em 2011, com direção de Gabriel Barros, o programa suspendeu o cenário fixo e começou a trabalhar mais com externas e cenários alternantes do que com o chroma key. Também passou a trabalhar com uma equipe mais concisa e organizada que incluía, além das vinhetas do Salt Cover e trilha de Arthur Joly, os diretores de fotografia Lourenço Parente e Rafael Martinelli, os cenógrafos Bruno Paes e Sabina Ciari, os assistentes de direção Fernando Garrido e Gabriel Giacomo, o finalizador Cauê Bravim e o montador Rafael Costa. O visual e acabamento do programa melhoraram perceptivelmente, assim como a qualidade das esquetes.

Uma linha humorística bastante utilizada pelo Comédia são os videoclipes. Suas músicas são, geralmente, paródias de algumas já existentes, ou criadas pela própria equipe para satirizar e/ou criticar situações cotidianas, com bom humor. Tal tipo de humor foi tão bem explorado pelo programa, que a MTV reservou à grade um espaço destinado somente à exibição destes clipes, o Clipes Comédia.

O Comédia MTV é um dos responsáveis pelo rápido aumento de audiência da MTV. Estima-se que, durante a última reestruturação da emissora, esta obteve o dobro de audiência dos anos anteriores.

No final de 2011, a direção da MTV encabeçada por Helena Bagnoli e Zico Góes decidiu suspender os últimos programas inéditos do ano e demitir a equipe que produziria o programa até dezembro. Entretanto o Comédia continuou sendo produzido até o fim de outubro. Durante esse tempo uma nova temporada do programa em 2012 foi uma incógnita; mas ela foi confirmada, mas com um novo formato: o Comédia MTV Ao Vivo.

Em outubro de 2011, Fábio Rabin deixa a MTV com o fim de seu contrato. Após algumas aparições no fim deste ano no Pânico na TV, na época na RedeTV!, assina contrato com o SBT.

Em 2012, Gui Santana também deixa a atração e assina contrato com a equipe do Pânico e voltou a TV a partir da estreia do Pânico na Band, da Rede Bandeirantes.

No verão de 2012, o programa passou a ter 15 minutos mas sem esquetes inéditas e era exibido diariamente.

Durante os anúncios da temporada 2012, foi notado que os humoristas Rodrigo Capella e Rafael Queiroga não foram citados. Capella deixou a emissora e está participando do reality show A Fazenda, na Rede Record. Mas especula-se que Queiroga, mesmo fora do programa, continua na emissora.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Integrantes 2010 2011 2012
Guilherme Santana
Dani Calabresa
Marcelo Adnet
Tatá Werneck
Rodrigo Capella
Bento Ribeiro
Paulo Serra
Fabio Rabin
Rafael Queiroga

Especiais musicais do Comédia MTV[editar | editar código-fonte]

  • Acústico MTV - Comédia MTV 2010
  • Ensaio Comédia MTV - Comédia MTV 2011

Polêmica com a "Casa dos Autistas"[editar | editar código-fonte]

Em 22 de março de 2011 o programa veiculou o quadro Casa dos Autistas, uma espécie de sátira a extinta Casa dos Artistas. O quadro mostrava cinco comediantes gritando, esmurrando um piano e olhando para as paredes, como se fossem autistas.[3] Após a exibição do quadro, o vídeo foi colocado no YouTube e parentes de pessoas com autismo criaram uma petição on-line pedindo que a MTV formalizasse "um pedido de desculpas pelo atos de desrespeito, imoralidade e preconceito".[3] Em 26 de abril de 2011, o blog do programa publicou a seguinte nota:

Cquote1.svg É de total responsabilidade da MTV a exibição da esquete “Casa dos Autistas”, veiculada no dia 22/03/2011 no programa Comédia MTV. Todo o elenco do programa, assim como sua equipe de roteiristas e produção, são contratados da emissora e a ela prestam serviço, inclusive o humorista Marcelo Adnet, que vem sendo apontado por alguns como único responsável pelo conteúdo do programa. A MTV Brasil entende que a esquete “Casa dos autistas” ultrapassou limites aceitáveis do humor. Portanto, pedimos desculpas a quem quer que tenha se sentido ofendido pelo conteúdo exibido. Já estamos articulando possíveis ações conjuntas com associações ligadas ao autismo para dar ao assunto o devido encaminhamento. A MTV reforça ainda que, independentemente desse episódio, ao longo dos últimos 20 anos a emissora vem defendendo a inserção social de pessoas com deficiência de maneira séria e informativa. Cquote2.svg
Texto escrito no blog do programa em 26 de abril de 2011[4]

O apresentador do programa, Marcelo Adnet, pediu desculpas sobre o episódio e se ofereceu a ajudar campanhas e atos que divulgam diretrizes dos grupos afetados pela esquete.

Cquote1.svg Sou humano e como tal, não poderia ter outra atitude a não ser me posicionar de forma solidária ao lado daqueles que foram atingidos por essa cena. Minhas sinceras desculpas, de coração. Cquote2.svg
Marcelo Adnet em seu blog[5]

Em 30 de novembro de 2011, a MTV foi condenada a pagar uma indenização de R$ 40 mil à Ana Maria Carvalho Elias Braga e Carlos Braga, pais de duas crianças autistas,[6] entretanto tal decisão foi reformada pelo Tribunal de Justiça do Estado De São Paulo, que retirou a condenação antes arbitrada. [7]

Participações Especiais[editar | editar código-fonte]

Convidados[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado
2011 Prêmio Extra de TV Melhor humorístico Indicado[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]