Comarca do Vale de Aran

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização do Vale de Arão, na Catalunha.
Vale de Arão

O Val de Aran ou Vale de(o) Arão (Val d'Aran, nome oficial em aranês, Vall d'Aran em catalão e Valle de Arán em castelhano) é uma comarca espanhola situada nos Pirenéus centrais, no extremo noroeste da Catalunha, pertencendo a esta comunidade autônoma. Limita-se ao norte com França, a sudoeste com a província de Huesca (Aragão), ao sul com a comarca catalã de Alta Ribagorça e a leste com a de Pallars Sobirà. A capital da comarca é Vielha (Viella em catalão), com 2834 habitantes (censo espanhol de 2003).

Na atual reforma do Estatuto de Autonomia da Catalunha, a identidade cultural aranesa é reconhecida como uma realidade a ser preservada:

Artigo 11. Arão 2. Os cidadãos da Catalunha e suas instituições reconhecem Arão como uma realidade occitana dotada de identidade cultural, histórica, geográfica e linguística, defendida pelos araneses ao longo dos séculos. Este Estatuto reconhece, ampara e respeita esta singularidade e reconhece Arão como uma identidade territorial singular na Catalunha, a qual é objeto de uma particular proteção por meio de um regime jurídico especial

Entre os direitos garantidos está o de os cidadãos araneses se expressarem em sua língua:

Artigo 36. Direitos com relação ao aranês

1. Em Arão todas as pessoas tem o direito de conhecer e utilizar o aranês e de ser atendido oralmente e por escrito em aranês em suas relações com a administração pública e as entidades públicas e privadas (...).

É a única comarca da Catalunha que pertence em grande parte a uma bacia hidrográfica atlântica. O Rio Garona, que nasce no vale e o atravessa, desemboca no Atlântico depois de atravessar toda a Gasconha. Também tem una pequena parte de uma bacia hidrográfica mediterrânica, já que o Rio Noguera Pallaresa nasce a cerca de 100 metros do Garona, mas toma a direção contrária. Trinta por cento do território está acima dos 2000 metros de altitude.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia aranesa baseia-se tradicionalmente na criação de gado e exploração florestal. Atualmente é o turismo (tanto de Inverno como de Verão) o motor da economia do Vale de Arão.

Dois elementos favoreceram a eclosão do turismo: a abertura do túnel de Vielha e a da estação de esqui de Baqueira Beret. A combinação de ambos os acontecimentos fez com que uma zona remota de pastores e lenhadores se convertesse num importante pólo de turismo e numa das zonas com maior rendimento per capita da Catalunha.

Fauna[editar | editar código-fonte]

As espécies do Vale de Arão que estão em perigo de extinção, com programas de repovoamento ou de proteção e conservação são: