Combava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaCombava
Citrus hystrix dsc07772.jpg

Citrus hystrix Blanco2.408-cropped.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Rutaceae
Género: Citrus
Espécie: C. hystrix
Nome binomial
Citrus hystrix

A Combava (nome científico Citrus hystrix, DC.) é um fruto do gênero Citrus, cuja origem não foi ainda determinada com certeza. Alguns o consideram um híbrido da Cidra com o limão galego, outros defendem a idéia de que seria uma mutação espontânea do limão galego.

Origem e denominação[editar | editar código-fonte]

A combava é originária do Sudeste asiático e é cultivada na Tailândia, no Vietnam, no Laos e no Camboja. É também comum na Indonésia e na Malaísia, e nas ilhas de Reunião e Madagascar.

Sua denominação latina evidencia grande quantidade de espinhos que a planta possui, dado que hystrix significa espinho.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

Combava

A combava é um arbusto muito espinhoso. Distingue-se das demais cítricos pelas folhas com um comprimento de até 12 centímetros, fendidas por uma constrição central que lhes dá uma aspecto de folhas duplas. As flores são formente aromáticas.

Usos[editar | editar código-fonte]

A extrema acidez do suco da combava não permite a ingestão do fruto fresco, mas é crescente a sua utilização com ingrediente picante de molhos ou bebidas. Mais apreciadas ainda são as suas folhas utilizadas em saladas e para compor o aroma sutil da culinária do sudeste asiático.