Combustível de jato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Combustível de Jato é um tipo de combustível para aviação desenvolvido para aeronave com motor a jato.

JET A-1
Ponto de combustão : 38 °C
Temperatura de auto-ignição: 210 °C
Ponto de congelamento: -47 °C (-40 °C para JET A)
Temperatura de desnaturalização: 260-315 °C (500-599 °F)
Temperatura máxima de ebulição: 980 °C (1796 °F)
Densidade à 15 °C (60 °F): 0.775-0.840 kg/L


O combustível de jato é transparente. É o combustível sem chumbo ou parafina mais comum. Ele é chamado de JET A-1, e é produzido segundo as especificações internacionais. Nos Estados Unidos apenas a versão JET A-1, conhecida como JET A é usada.

Somente o outro combustível de jato é comumente usado para a aviação, é o chamado JET B. O JET B é um combustível feito de nafta-querosene e tem uma performance mais aprimorada para regiões frias. Contudo, o JET B por possuir uma composição mais leve do que o JET A acaba sendo mais perigosa a sua manipulação, e assim é restrito apenas para regiões onde as características climatológicas sejam absolutamente necessária.

Tanto o JET A e o JET B contém alguns aditivos:

  • Antioxidantes para prevenir que o combustível “cole”, feito a partir de fenóis alcalinos.
  • Agentes antiestático, para dissipar a eletricidade estática e prevenir faíscas.
  • Inibidores de corrosão.
  • Sistema de inibidor de congelamento de combustível.


Existem vários tipos de aditivos para serem colocados neste tipo de combustível. A maioria é utilizado em aeronaves de uso militar. Entre estes combustíveis se destaca o JET JP-5, muito utilizado por aviões-tanque, por ser mais estável e ter um ponto de combustão de 60 ºC. Existem outros tipos de combustíveis específicos para certos tipos de aviões como o JP-6 usado pelo North American XB-70 Valkyrie e o JP-7 usado pelo SR-71 Blackbird. Ambos tem um alto ponto de combustão, pois vôos supersônicos acabam produzindo uma alta temperatura.

Os jatos comerciais tem suas origens nos combustíveis militares, mas o uso comercial mundial excede em varias vez o uso militar. Nestas aeronaves civis utiliza-se do JET-A que é similar ao JP-8, e o JET-B que é uma mistura similar do JP-4.

O combustível para jato é muito similar com o combustível diesel, por isso sendo usado em vários modelos de aeronaves. Já está em estudo o uso do combustível em motores a pistão. Esta tecnologia é a grande promessa para a aviação geral de um combustível leve, poderoso e “amigo do meio-ambiente”, sendo considerado o substituidor do Avgas.