Comgás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Comgas)
Ir para: navegação, pesquisa
Comgás
Comgas
Slogan Natural na sua vida
Tipo empresa privada concessionária de serviços públicos
Fundação 1872
Sede São Paulo Brasil
Produtos Distribuição de Gás natural
Página oficial www.comgas.com.br

A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) é uma empresa brasileira, considerada pela Abegás (Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado) a maior distribuidora de gás natural do Brasil em volume de gás distribuído. A Comgás distribui gás canalizado para mais de 1,2 milhão de consumidores nos segmentos residencial, comercial, industrial, automotivo, cogeração e termogeração em 71 cidades de sua área de concessão - Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Paraíba, Baixada Santista e Região Administrativa de Campinas.

História[editar | editar código-fonte]

A história da empresa remonta ao século XIX, passando por inúmeras denominações e proprietários diferentes:

  • 1872: a companhia inglesa San Paulo Gás Company recebe autorização do Império, através decreto número 5071, para a exploração da concessão dos serviços públicos de iluminação de São Paulo;
  • 1912: a canadense Light assume o controle acionário da San Paulo Gás Co. Ltda;
  • 1959: a empresa é nacionalizada, passando a se chamar Companhia Paulista de Serviços de Gás;
  • 1968: a empresa passa a ser administrada pelo município e recebe o nome de Comgás. Por meio da lei municipal 7199, é constituída a sociedade anônima Companhia Municipal de Gás (Comgás).
  • 1974: nova mudança do nome, para Companhia de Gás de São Paulo.
  • 1999: o controle acionário da Comgás é arrematado pelo consórcio formado pela união das empresas, BG Group e pela Shell, por R$ 1,65 bilhão.
  • 2012: A Cosan assume o controle acionário da Comgás, com a compra da participação do Grupo BG - 60,05%.

Na sua longa trajetória, a companhia usou os mais diversos tipos de combinações para produzir combustíveis: de azeite a gás de hidrogênio carbonado, carvão, nafta, uma mistura envolvendo água e hulha, até chegar ao gás natural.

A adoção do gás natural, a partir da década de 1990, foi considerada a fase mais importante de toda a história da Comgás, que esteve presente na vida de São Paulo desde a extinção dos lampiões a azeite de baleia.

De 1999 a 2012, a Comgás investiu mais de R$ 4 bilhões na expansão e modernização de sua rede de distribuição de gás, que foi ampliada em mais de 6 mil km.


Resultados atuais[editar | editar código-fonte]

A Comgás é considerada atualmente a maior distribuidora de gás natural canalizado do país. Conta com mais de 9 mil quilômetros de rede, levando gás natural para mais de 1,2 milhão de consumidores nos segmentos residencial, comercial, industrial e automotivo, em 71 cidades.

Sua área de concessão potencial abriga cerca de um quarto do Produto Interno Bruto do país, abrangendo 177 municípios das regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas, além da Baixada Santista e do Vale do Paraíba.

Em 2012, a empresa apresentou receita liquida de R$ 5 bilhões. O volume de gás distribuído pela companhia nesse ano foi de mais de 5 bilhões de metros cúbicos.

A empresa tem aumentado as vendas para clientes residenciais e comerciais¹. Atualmente cerca de 70% do volume de gás distribuído vai para indústrias. Hoje, cerca de 1.000 indústrias em aproximadamente 430 postos de GNV são atendidos na área de concessão da Comgás.