Comme è ddoce 'o mare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Comme è ddoce 'o mare" (tradução em português : "Como é doce o mar") foi a canção italiana no Festival Eurovisão da Canção 1991, interpretada em napolitano por Peppino di Capri. Foi a primeira vez em que a Itália enviou uma canção não cantada em italiano e a primeira vez que um país que organizou o evento enviou uma canção com uma letra numa língua minoritária. Foi a vigésima-segunda e última canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção cipriota "S.O.S., interpretada por Elena Patroklou. A canção italiana terminou em sétimo lugar, tendo recebido 89 pontos.

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Autor: Giampiero Artegiani
  • Compositor: Marcello Marocchi
  • Orquestrador: Bruno Canfora

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é uma balada em que se compara a beleza da amada do cantor com o oceano. Di Capri abre a canção explicando que "Apenas aqueles que não ficaram apaixonados/Não têm coração para cantar". Mais à frente. ele diz à sua amada, "Quando eu te chamo "Borboleta"/Voa e eu voarei contigo" e declara que "O amor é o que nós faz viver".

Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Diggiloo Thrush. 1991 Italy. Visitado em 27-7-2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música

Itália "Comme è ddoce 'o mare", canção da Itália no Festival Eurovisão da Canção 1991.