Como É que Se Diz Eu Te Amo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como É que Se Diz Eu Te Amo
Álbum ao vivo de Legião Urbana
Lançamento 2001
Gravação 8 e 9 de outubro de 1994 no Metropolitan, Rio de Janeiro
Gênero(s) Pop rock
Idioma(s) Português, inglês
Formato(s) CD
CD duplo
Gravadora(s) EMI
Produção Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá
Cronologia de Legião Urbana
Último
Último
acústico MTV
(1999)
As Quatro Estações ao Vivo
(2004)
Próximo
Próximo

Como É que Se Diz Eu Te Amo é o segundo álbum ao vivo da banda brasileira de rock Legião Urbana, lançado em 2001. É o quarto álbum póstumo lançado pela banda, após a morte do vocalista Renato Russo em 1996.[1] .

Gravado no Rio de Janeiro, na antiga casa de shows Metropolitan (atual Citibank Hall), nos dias 8 e 9 de Outubro de 1994, o álbum é um apanhado geral da carreira da banda, trazendo sucessos como "Será", "Ainda é Cedo", "Tempo Perdido", "Daniel na Cova dos Leões", "Eu Sei", "Há Tempos", "Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto" e "Vento no Litoral", além de canções do então recém-lançado álbum O Descobrimento do Brasil, como "Os Anjos", "Giz", "Vinte e Nove", "La Nuova Gioventú" e "Um Dia Perfeito".

Vários outros artistas são citados nas músicas, como as bandas Rolling Stones ("Gimme Shelter") e Nirvana ("Lithium") e os cantores Caetano Veloso ("Cajuína") e Gilberto Gil ("Aquele Abraço").

Por exigência da banda, o álbum foi lançado sem overdubs (gravações posteriores em estúdio, para correção de erros). A gravação traz várias citações e relatos de Renato Russo, que chega a errar a letra de algumas músicas, encarando a situação com bom humor.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1[editar | editar código-fonte]

  1. "Será" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 2:47
  2. "Eu Sei" (Renato Russo) – 3:25
  3. "La Nuova Gioventú" – 3:12 (Dado Villa-Lobos e Renato Russo)
  4. "Ainda É Cedo (Ico Ouro-Preto, Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / Gimme Shelter" (Mick Jagger e Keith Richards) – 6:35
  5. "Daniel na Cova dos Leões" (Renato Russo e Renato Rocha) – 3:53
  6. "Vinte e Nove" (Renato Russo) – 2:03
  7. "Um Dia Perfeito" (Renato Russo) – 3:02
  8. "Os Anjos" (Dado Villa-Lobos e Renato Russo) – 2:30
  9. "1965 (Duas Tribos)" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 4:05
  10. "Monte Castelo" (Renato Russo / Adaptada de trechos da Primeira Epístola de São Paulo aos Coríntios e de soneto de Luís Vaz de Camões) – 4:09
  11. "Quando O Sol Bater na Janela do Teu Quarto" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 4:17
  12. "Geração Coca-Cola" (Renato Russo) – 2:35
  13. "O Teatro dos Vampiros" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 3:35
  14. "Meninos e Meninas" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / "O Mundo Anda Tão Complicado" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) (citação) – 4:02

Disco 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Faroeste Caboclo" (Renato Russo) - 10:26
  2. "Pais e Filhos" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 04:41
  3. "Tempo Perdido" (Renato Russo) - 04:10
  4. "Giz" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:46
  5. "O Descobrimento do Brasil" (Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:56
  6. "Eduardo e Mônica" (Renato Russo) - 05:25
  7. "Vento no Litoral" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 05:59
  8. "Há Tempos" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:00
  9. ""Índios"" (Renato Russo) - 04:54
  10. "Perfeição" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / "O Bêbado e o Equilibrista" (João Bosco e Aldir Blanc) / "Lithium" (Kurt Cobain e Krist Novoselic) / "Metal Contra as Nuvens" - 06:59
  11. "Andrea Doria" (Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:04
  12. "Vamos Fazer um Filme" (Renato Russo) - 04:17
  13. "Que País É Este" (Renato Russo) / "Cajuína" (Caetano Veloso) / "Pintinho Amarelinho" (João Plinta e Juca Ramos) / "Aquele Abraço" (Gilberto Gil) - 05:34
  14. "Metal Contra as Nuvens" (faixa escondida) (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 09:58

Formação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sérgio Martins (28 de Março de 2001). Como se diz faturar. Página visitada em 16 de Agosto de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Legião Urbana é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.