Como É que Se Diz Eu Te Amo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como É que Se Diz Eu Te Amo
Álbum ao vivo de Legião Urbana
Lançamento 2001
Gravação 8 e 9 de outubro de 1994 no Metropolitan, Rio de Janeiro
Gênero(s) Pop rock
Idioma(s) Português, inglês
Formato(s) CD
CD duplo
Gravadora(s) EMI
Produção Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá
Cronologia de Legião Urbana
Último
Último
acústico MTV
(1999)
As Quatro Estações ao Vivo
(2004)
Próximo
Próximo

Como É que Se Diz Eu Te Amo é o segundo álbum ao vivo da banda brasileira de rock Legião Urbana, lançado em 2001. É o quarto álbum póstumo lançado pela banda, após a morte do vocalista Renato Russo em 1996.[1] .

Gravado no Rio de Janeiro, na antiga casa de shows Metropolitan (atual Citibank Hall), nos dias 8 e 9 de Outubro de 1994, o álbum é um apanhado geral da carreira da banda, trazendo sucessos como "Será", "Ainda é Cedo", "Tempo Perdido", "Daniel na Cova dos Leões", "Eu Sei", "Há Tempos", "Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto" e "Vento no Litoral", além de canções do então recém-lançado álbum O Descobrimento do Brasil, como "Os Anjos", "Giz", "Vinte e Nove", "La Nuova Gioventú" e "Um Dia Perfeito".

Vários outros artistas são citados nas músicas, como as bandas Rolling Stones ("Gimme Shelter") e Nirvana ("Lithium") e os cantores Caetano Veloso ("Cajuína") e Gilberto Gil ("Aquele Abraço").

Por exigência da banda, o álbum foi lançado sem overdubs (gravações posteriores em estúdio, para correção de erros). A gravação traz várias citações e relatos de Renato Russo, que chega a errar a letra de algumas músicas, encarando a situação com bom humor.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1[editar | editar código-fonte]

  1. "Será" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 2:47
  2. "Eu Sei" (Renato Russo) – 3:25
  3. "La Nuova Gioventú" – 3:12 (Dado Villa-Lobos e Renato Russo)
  4. "Ainda É Cedo (Ico Ouro-Preto, Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / Gimme Shelter" (Mick Jagger e Keith Richards) – 6:35
  5. "Daniel na Cova dos Leões" (Renato Russo e Renato Rocha) – 3:53
  6. "Vinte e Nove" (Renato Russo) – 2:03
  7. "Um Dia Perfeito" (Renato Russo) – 3:02
  8. "Os Anjos" (Dado Villa-Lobos e Renato Russo) – 2:30
  9. "1965 (Duas Tribos)" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 4:05
  10. "Monte Castelo" (Renato Russo / Adaptada de trechos da Primeira Epístola de São Paulo aos Coríntios e de soneto de Luís Vaz de Camões) – 4:09
  11. "Quando O Sol Bater na Janela do Teu Quarto" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 4:17
  12. "Geração Coca-Cola" (Renato Russo) – 2:35
  13. "O Teatro dos Vampiros" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) – 3:35
  14. "Meninos e Meninas" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / "O Mundo Anda Tão Complicado" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) (citação) – 4:02

Disco 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Faroeste Caboclo" (Renato Russo) - 10:26
  2. "Pais e Filhos" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 04:41
  3. "Tempo Perdido" (Renato Russo) - 04:10
  4. "Giz" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:46
  5. "O Descobrimento do Brasil" (Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:56
  6. "Eduardo e Mônica" (Renato Russo) - 05:25
  7. "Vento no Litoral" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 05:59
  8. "Há Tempos" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:00
  9. ""Índios"" (Renato Russo) - 04:54
  10. "Perfeição" (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) / "O Bêbado e o Equilibrista" (João Bosco e Aldir Blanc) / "Lithium" (Kurt Cobain e Krist Novoselic) / "Metal Contra as Nuvens" - 06:59
  11. "Andrea Doria" (Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 03:04
  12. "Vamos Fazer um Filme" (Renato Russo) - 04:17
  13. "Que País É Este" (Renato Russo) / "Cajuína" (Caetano Veloso) / "Pintinho Amarelinho" (João Plinta e Juca Ramos) / "Aquele Abraço" (Gilberto Gil) - 05:34
  14. "Metal Contra as Nuvens" (faixa escondida) (Dado Villa-Lobos, Renato Russo e Marcelo Bonfá) - 09:58

Formação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sérgio Martins (28 de Março de 2001). Como se diz faturar. Visitado em 16 de Agosto de 2013.
Ícone de esboço Este sobre um álbum de Legião Urbana é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.