Compressor (efeito)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde dezembro de 2009). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Compressão da Gama Dinâmica, também chamado de DRC (do inglês dynamic range compression), ou simplesmente compressão, é um processo que ajusta nível de um sinal gerado por uma fonte sonora. A compressão pode ser utilizada utilizada sobre uma gravação, ao vivo sonorização, e radiodifusão para controlar o volume de áudio. O dispositivo utilizado para aplicar esse efeito é chamado compressor e pode ser analógico ou digital.

A manutenção do nível de sinal dentro de limites estabelecidos provoca uma diminuição da varição entre os picos e vales da onda sonora, consequentemente reduzindo a intensidade das alterações de dinâmica. O uso desse efeito pode evitar altos níveis de sinal indesejados ou ruídos em baixos niveis de sinal, proporcionando um maior controle de amplitude.

Seu uso pode ser feito também a fim de obter deliberadamente a distorção do som original, a partir da manutenção de niveis elevados de sinal.

Basico[editar | editar código-fonte]

A relação entre o nível de entrada, o nível de saída e a redução de ganho em um compressor

Em termos simples, um compressor é um controle automático de volume

. Sons altos durante um determinado limite são reduzidos em nível, enquanto os sons baixos, sem tratamento (Isso é conhecido como compressão para baixo,enquanto o menos comum compressão para cima envolve a tomada de sons abaixo do limite mais alto, enquanto as passagens mais altas permanecem inalteradas). Desta forma, reduz o dynamic range de um sinal de áudio.

Isso pode ser feito por razões estéticas, para lidar com as limitações técnicas dos equipamentos de áudio, ou para melhorar a audibilidade de áudio em ambientes ruidosos.Em um ambiente ruidoso, ruído de fundo pode se sobrepor sons mais baixos (como ouvir o som do carro enquanto dirige ). A comfortable listening level for loud sounds makes the quiet sounds inaudible below the noise; a comfortable listening level for quiet sounds makes the loud sounds too loud. Compression is used in order to make both the soft and loud parts of a sound more tolerable at the same volume setting.

A compressão reduz o nível do som alto(amplitude), mas não dos sons baixos; deste modo, o nível pode ser elevado ao ponto onde os sons baixos ficam mais audíveis sem os sons de mais altos interferirem no primeiro.

Contraste isso com o processo complementar de um expansor

, que desempenha a função oposta de um compressor, i.e., an expander aumenta a gama dinâmica do sinal de áudio.[1]

Um compressor reduz o ganho (nível) de um sinal de áudio, se a sua amplitude excede um certo limite (threshold). A quantidade de redução de ganho é determinada por um ratio. Por exemplo, com um rátio de 4:1, quando o (tempo médio) input level is 4 dB passa do limite (threshold), o nível do sinal de saída irá 1 dB passar do limite (threshold). O nível de ganho foi reduzido em 3 dB. Quando o nível de entrada é de 8 dB acima do limite, o nível de saída será de 2 dB; uma redução de 6 dB.

Um exemplo mais específico para um ratio:

4:1

Limite (Threshold) = −10 dB
Entrada (Input) = −6 dB (4 dB acima do limite)
Output = −9 dB (1 dB acima do limite)
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências