Concerto para piano n.º 1 (Beethoven)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Concerto para piano n.º 1"
Composição Ludwig van Beethoven
Época de composição 1796-1797
Estreia 1798
Dedicatória Babbet de Keglevics
Tonalidade Dó maior
Tipo Concerto para piano
Catalogação Opus 15
Duração 39 minutos
Instrumental 1 flauta, 2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes, 2 trompas, 2 trompetes, tímpanos e cordas.
Andamentos

O Concerto para piano n.º 1, Em Dó Maiorop. 15 de Ludwig van Beethoven, foi escrito durante 1796 e 1797. A primeira execução foi feita em Praga em 1798, com o próprio Beethoven ao piano, dedicada à sua aluna Babette de Keglevics.[1] É, na realidade, o terceiro concerto para piano do compositor, sendo que Beethoven havia feito uma primeira tentativa no gênero com um concerto em mi bemol maior, que nunca foi publicado, e composto seu segundo concerto, em si bemol maior, dez anos antes, porém, este último só foi estreado depois. Neste concerto pode-se perceber a familiarização de Beethoven com os estilos de Haydn e Mozart, ainda que insira traços próprios.

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

A orquestra para o concerto compõe-se de uma flauta, dois oboés, dois clarinetes em dó, dois fagotes, duas trompas em dó e mi bemol, dois trompetes em dó, tímpanos em dó e sol, cordas (violinos I e II, violas, violoncelos e contrabaixos) e piano solista.

Movimentos[editar | editar código-fonte]

Os movimentos são três:

  1. Allegro con brio
  2. Largo
  3. Rondó: Allegro scherzando

Links externos[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Zweite Beethoveniana: Nachgelassene Aufsätze, Seite 512, Bibliothek der deutschen Literatur, Gustav Nottebohm, Verlag Peters, 1887.