Conclave de 1559

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conclave de 1559
O Papa Pio IV
Data e localização
Pessoas-chave
Decano Jean du Bellay
Camerlengo Guido Ascanio Sforza di Santa Fiora
Protodiácono Alessandro Farnese
Eleição
Eleito Papa Pio IV
(João Ângelo de Médici)
Participantes 44
Cronologia
Último
Último
Conclave de maio de 1555
Conclave de 1565–1566
Próximo
Próximo
Brasão papal de Sua Santidade o papa Pio IV

O Conclave de 1559 foi a reunião de eleição papal realizada após a morte do Papa Paulo IV. Durou de 5 de setembro a 25 de dezembro de 1559.[1] [2]

Conclave[editar | editar código-fonte]

No momento da morte do antigo Papa, o Sacro Colégio dos Cardeais tinha cinquenta e seis membros. Deles, entretanto, quatro morreram durante a sede vacante: Giovanni Battista Coniglieri (25 de agosto de 1559), Antoine Sanguin de Meudon (25 de novembro de 1559), Girolamo Recanati Capodiferro (1 de dezembro de 1559) e Girolamo Dandini (4 de dezembro de 1559). Oito cardeais estavam ausentes, incluindo dois dos quatro que morreram (Sanguin de Meudon e Dandini). O cardeal Giovanni Battista Coniglieri faleceu antes do conclave começar. Dois outros, Jean du Bellay e Giovanni Michele Saraceni, deixaram o conclave antes de 25 de dezembro de 1559, portanto antes da votação final. Ambos sabiam que o Cardeal Medici seria eleito dentro de algumas horas, e nem pensaram que seus votos seriam necessários para o resultado. Dos quarenta e quatro cardeais no conclave remanescentes, na manhã do dia de Natal, quarenta e três votaram no Cardeal João Ângelo de Médici, que, naturalmente, não votou em si mesmo[2] .

Cardeais votantes[editar | editar código-fonte]

Cardeais ausentes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Catholic Hierarchy (em inglês). Página visitada em 25/04/2011.
  2. a b The Cardinals of the Holy Roman Church (em inglês). Página visitada em 25/04/2011.