Conde de Chester

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de armas do conde de Chester: Azure, ou três trajes (feixes de trigo)

O condado de Chester, ou, na sua forma portuguesa, de Céstria, foi um dos condados mais poderosos da Inglaterra medieval. Desde 1301 o título tem sido geralmente concedido aos herdeiros aparente ao trono Inglês, e do final do século XIV foi dado apenas em conjunto com o do príncipe de Gales.

Listas dos Condes de Chester[editar | editar código-fonte]

Primeira geração (1067-1070)[editar | editar código-fonte]

Segunda geração (1071)[editar | editar código-fonte]

Os Condes/Senhores de Chester foram:[1] [2]

(As datas acima são aproximadas)

Terceira geração (1254)[editar | editar código-fonte]

Quarta geração (1264)[editar | editar código-fonte]

(Não há nenhuma evidência de que Afonso, filho mais velho de Eduardo I, foi criado conde de Chester, embora ele foi denominado como tal)

Quinta geração (1301)[editar | editar código-fonte]

Sexta geração (1312)[editar | editar código-fonte]

Depois disso, o Condado de Chester foi criado em conjunto com o Principado de Gales. Veja Príncipe de Gales para mais condes de Chester.

Referências

  1. Barry W. Cunliffe. The Penguin atlas of British & Irish history (em inglês). [S.l.]: Penguin, 2001. p. 72. ISBN 978-0-14-100915-5. Visitado em 27 de outubro de 2012.
  2. Encyclopaedia Britannica. The New Encyclopaedia Britannica: Micropaedia (em inglês). [S.l.: s.n.], 1995. p. 180. ISBN 978-0-85229-605-9. Visitado em 27 de outubro de 2012.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Harris BE. In: CR Elrington. The Victoria County History of Chester (em inglês). Londres: University of London Institute of Historical Research, 1979. 1–97 pp. vol. II.

Ícone de esboço Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.