Conferência Leste (NHL)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Conferência Oeste da National Hockey League (originalmente chamada Conferência Príncipe de Gales) foi criada em 1974 com o realinhamento da liga, que passava por um processo de expansão. O time vencedor da conferência ganha o Troféu Príncipe de Gales e o direito de disputar a final da Copa Stanley.

História[editar | editar código-fonte]

Origens: Divisão Leste (1967-74)[editar | editar código-fonte]

Em 1967, após 24 anos com apenas seis times na liga, a NHL decidiu dobrar para doze. Todos os "Seis Originais" ficariam na Divisão Leste, e os playoffs separados garantiam que sempre um dos times, que venceria o Troféu Príncipe de Gales, iria para a final do torneio. Porém três vitórias seguidas dos times originais sobre o St. Louis Blues fizeram a liga mudar na Temporada 1970-71 da NHL 1 para que as semifinais fossem cruzamentos de time do Oeste e do Leste se cruzassem. No mesmo ano, o Chicago Black Hawks se mudou para o Oeste para acrescentar duas novas equipes no Leste.

Equipes

Conferência Campbell (1974-93)[editar | editar código-fonte]

Na Temporada 1974-75 da NHL, a geografia norte-americana enfim foi levada em consideração para um realinhamento. O Leste ficaria com a Conferência Príncipe de Gales, em homenagem a Eduardo VIII, o Príncipe de Gales que deu o troféu homônimo para a liga. A conferência teria duas divisões, Norris (em homenagem a James E. Norris, ex-proprietário do Detroit Red Wings) e Adams (em homenagem ao fundador do Boston Bruins, Charles Francis Adams). Originalmente, todos os times eram rearranjados nos playoffs conforme desempenho na temporada regular (à exceção dos quatro vencedores de divisão, que viravam cabeças de chave).

1974-1981[editar | editar código-fonte]

Adams

1981–1993[editar | editar código-fonte]

Um novo realinhamento geográfico em 1981, visando diminuir gastos com viagens, fez cada conferência jogar apenas entre si, com o Troféu Príncipe de Gales endo dado para o campeão da conferência homônima. As divisões do Leste passariam a ser Adams e Patrick (com Norris passando para a outra conferência).

Adams

Leste e Oeste[editar | editar código-fonte]

Em 1993, com a liga já tendo 24 times e se preparando para abrir mais dois, um novo realinhamento também rebatizou as conferências e divisões com nomes geográficos.

1993-1998[editar | editar código-fonte]

Divisão do Atlântico

1998-2013[editar | editar código-fonte]

Com a entrada do Nashville Predators, as equipes foram realinhadas em seis divisões nas duas conferências.

Divisão do Atlântico

Realinhamento de 2013[editar | editar código-fonte]

Após a mudança do Atlanta Thrashers para Winnipeg, um novo realinhamento era necessário. Somando reclamações já vigentes sobre gastos com viagens e horários televisivos prejudiciais causados por diferenças de fusos horários, a NHL decidiu realinhar as duas conferências em quatro divisões, com três tendo nomes antigos e uma de novo batismo. Os Winnipeg Jets vão para o Oeste, enquanto o Detroit Red Wings e o Columbus Blue Jackets vão pro Leste, que passa a ter 14 equipes.

Divisão do Atlântico Divisão Metropolitana
Boston Bruins Carolina Hurricanes
Buffalo Sabres Columbus Blue Jackets
Detroit Red Wings New Jersey Devils
Florida Panthers New York Islanders
Montreal Canadiens New York Rangers
Ottawa Senators Philadelphia Flyers
Tampa Bay Lightning Pittsburgh Penguins
Toronto Maple Leafs Washington Capitals

Fonte[editar | editar código-fonte]