Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (Inglês: United States Conference of Catholic Bishops, sigla: USCCB) fundada em 1966, é um organismo permanente que reúne os Bispos católicos dos Estados Unidos que, conforme o Código de Direito Canônico, "exercem conjuntamente certas funções pastorais em favor dos fiéis do seu território, a fim de promover o maior bem que a Igreja proporciona aos homens, principalmente em formas e modalidades de apostolado devidamente adaptadas às circunstâncias de tempo e lugar, de acordo com o direito" (Cân. 447). Pertencem à USCCB, pelo próprio direito, todos os Bispos diocesanos dos Estados Unidos e os que são a eles equiparados pelo direito, os Bispos coadjutores, os Bispos auxiliares e os outros Bispos titulares que exercem no mesmo território algum encargo especial, confiado pela Sé Apostólica ou pela Conferência dos Bispos. (cf. Cân. 450) A organização é registrada com sede em Washington, DC. Tal como acontece com todas as conferências episcopais, certas decisões e atos da USCCB devem receber a aprovação dos dicastérios romanos, que estão sujeitos à autoridade imediata e absoluta do Papa.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira organização de bispos católicos nos Estados Unidos foi fundada em 1917 como "National Catholic War Council" (NCWC), e foi formada para permitir que católicos americanos contribuíssem com fundos para a assistência espiritual dos católicos militares durante a Primeira Guerra Mundial.

Em 1919, o Papa Bento XV pediu aos colégios de bispos de todo o mundo para ajudá-lo a promover a reforma trabalhista articulada pelo Papa Leão XIII na Rerum Novarum. Em resposta, foi criado o primeiro Conselho de Administração, para administrar as reuniões plenárias. A sede foi estabelecida em Washington, DC.

Em 1922, o Conselho tomou o nome de "National Catholic Welfare Conference", a fim de defender as reformas de imigração, educação e ação social. Este grupo permaneceu até que foi substituído pela "National Conference of Catholic Bishops" (Conferência Nacional dos Bispos Católicos) afim de atender às novas exigências do Concílio Vaticano II para as conferências nacionais de bispos. O nome foi mudado para "United States Conference of Catholic Bishops" em 2001.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]