Confraternidade Batista Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A 'Confraternidade Batista Mundial é uma organização de Batistas fundamentalistas separatistas.

História[editar | editar código-fonte]

O nome Confraternidade Batista Mundial tem a sua alma na pessoa de John Franklyn [J. Frank] Norris (1877-1952) de Texas, um líder zeloso de fundamentalismo no sul dos EUA na primeira metade do século XX.

Embora o liberalismo entre batistas existisse antes, no século XIX, a oposição fundamentalista do liberalismo destacou-se cedo no início do século XX, especialmente com a publicação de Os Fundamentos: Um Testemunho para a Verdade entre 1910 e 1915.

Os Fundamentos consistia de uma série de doze artigos que defendem os ‘fundamentos’ da fé, como a inerência da Bíblia, o nascimento virginal de Cristo e o retorno literal de Cristo. Em 1920, Curtis Lee Laws, editor Batista de O Atalaia - Examinador cunhou o termo 'fundamentalista' e definiu um fundamentalista como alguém "pronto a batalhar pelos Fundamentos da fé".

J. Frank Norris se tornou um combatente na controvérsia de fundamentalismo/modernismo. Ele editou um jornal intitulado O Fundamentalista. A Convenção Batista do Sul e a Convenção Batista Geral de Texas excluíram Norris por causa do comportamento polémico dele. Norris, C. P. Staley e outros formaram a Confraternidade dos Batistas Missionários Pré-milenaristas em 1933 em Fort Worth, Texas.

Divisões[editar | editar código-fonte]

Em 1938, o nome foi mudado de Confraternidade Mundial Missionária Batista para Confraternidade Batista Mundial (CBM) depois do cisma que criou a Confraternidade Batista Bíblica Internacional em 1950.

O CBM sofreu uma segunda divisão em 1984, quando um grupo conduziu por Raymond W. Barber estabeleceu a Confraternidade Batista Independente Internacional e o Instituto Bíblico Batista Norris.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

O CBM se considera uma agência de missões. Seu trabalho missionário é encabeçado pelo Comitê da Missão cujos sócios são nomeados pelo comitê existente e são aprovados pela Assembléia Geral em reunião anual. Em 2003, o CBM tem 85 missionários aprovados, com Tommy Raley o Diretor da Missão. As reuniões da Confraternidade Nacional reúne duas vezes por ano. A Faculdade Batista em Arlington, uma instituição de quatro anos reconhecido pelo governo, é seu braço educacional. Sua sede está em Arlington, Texas. A Confraternidade Batista Mundial teve 945 igrejas em 1995, com sua maior força no Texas, Flórida eOhio. Mais que metade destas igrejas também participam em outras confraternidades de Batistas fundamentalistas.