Congestão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde agosto de 2010).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Congestão, ou hiperemia passiva é um aumento local do volume de sangue em um determinado tecido. Este aumento é de forma passiva, resultante de um retorno venoso ineficiente. Este fenômeno pode ser sistêmico, como na insuficiência cardiaca, ou local, obstrução venosa isolada. Congestão hipostática: Uma congestão acentuada, causada pela pressão. É facilmente verificada em animais de grande porte, que, em decúbito, a pressão, associada à tendência natural de o sangue se concentrar em certas partes do corpo. Se o estado não for revertido, pode levar o animal a óbito. A congestão pode ser aguda ou crônica (varizes). Pode ser dividida também em local ou focal. Esta última também pode ser denominada de congestão generalizada, e, sua causa geralmente é associada à insuficiência cardíaca, atingindo alguns órgãos internos como o baço.

Congestão Estomacal[editar | editar código-fonte]

Termo ainda muito popular, ligado à indigestão, porém errôneo em termos médicos. Para isso, consulte: indigestão.