Congregação dos Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Congregação dos Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora
Símbolo da Congregação: M de Maria e a cruz de Cristo
(F.M.M.A)
Fundação 1850
Tipo Congregação religiosa
Sítio oficial dos Irmãos da Misericórdia

Congregação dos Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora (FMMA; em latim Fratrum Misericordiae Maria Auxiliatrice) é uma congregação masculina da Igreja Católica, fundada pelo bem-aventurado Pedro Friedhofen, em 21 de Junho, de 1850, em Trier, Alemanha. Visa a competência profissional na área da saúde e assistência social, evangelizando e cuidando dos doentes.[1] [2]

A Ordem[editar | editar código-fonte]

A Congregação Congregação dos Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora é uma ordem católica, que vive de acordo com a Regra de Santo Agostinho. Além disso, possuem regras próprias, pelas quais orientam-se na vida comunitária.[3] .

Foi fundada em 1850, em 21 de junho, por Pedro Friedhofen, hoje beatificado. A pobreza, doença e as grandes necessidades sociais deste tempo foram os principais fatores para a fundação da ordem na época.[4]

Os congregados se chamam »Irmãos da Misericórdia«, por causa das obras de misericórdia que realizam com os doentes. O patronato de Nossa Senhora Auxiliadora é devido a devoção e expressa vontade do fundador.

Hoje, os Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora vivem e trabalham em países[5] como:

Alemanha: Trier, Zemmer em Eifel, Safig, Koblenz, Bonn, Rilchingen (Saarland), Freiburg, Paderborn.

Suiça: Oberwil-Zug, Lucerne, St. Gall.

Luxemburgo: Luxemburgo.

França: Straßbourg.

Itália: Roma.

Brasil: Maringá.

Ásia: Malásia e Cingapura.

Os três votos: de pobreza, castidade e obediência são o cerne da vida religiosa, que junto com a meditação diária sobre a leitura bíblica, os textos religiosos, a oração pessoal, o silêncio e meditação e a prática de caridade e misericórdia, que junto aos doentes e necessitados, fazem o dia-a-dia da ordem.[6]

O símbolo da Congregação é a letra M que sustém uma Cruz sobre uma barra horizontal entrelaçada nos braços do M. M de Maria, Mãe de Jesus e a Cruz símbolo de Cristo.[7]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Irmãos da Misericórdia de Maria Auxiliadora, de Maringá. Conhecidos como irmãos da Santa Casa.

No Brasil, a congregação tem sede em Maringá, no Paraná. Os Irmãos da Misericórdia zelam pela espiritualidade e administração da Santa Casa da cidade. Além de contar com um Convento, Noviciado São Luiz Gonzaga e uma casa de Assistência Social.[7] [8]

Em Maringá, a Congregação conta também com uma 3ª Ordem, chamada Filhos da Misericórdia.

Referências[editar | editar código-fonte]

    • CHEW, Maureen Kooi Cheng.The Journey of the Catholic Church in Malaysia, 1511-1996. Catholic Research Centre, 2000. p.30
    • Annuario Pontificio per l'anno 2007, Libreria Editrice Vaticana, Città del Vaticano 2007., pp. 1502-1503.
    • Guerrino Pelliccia e Giancarlo Rocca (curr.), Dizionario degli Istituti di Perfezione (10 voll.), Edizioni paoline, Milano 1974-2003
    • CRUZ, Afonso de Santa. O limpa Chaminés do Reno. 12ª ed. Editora e Gráfica Globo: Maringá, 2004.
    • Os países e cidades elencados são baseados na lista do site oficial da Congregação
    • http://www.brueder.info/ dos IMMA(Alemanha)
    • a b Site Irmãos Dami.
    • VOLKMER, Valesca. FOGO NOVO: Pedro Friedhofen - Escritos e Correspondências 1819-1860,s/d.

    Ligações externas[editar | editar código-fonte]

    Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.