Conrado (Miguel Pereira)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conrado é o 3º Distrito de Miguel Pereira. Fazem parte deste distrito, além da povoação de Conrado propriamente dita, as localidades de Arcádia, Santa Branca, Mangueiras e Paes Leme.

Localizado a cerca de 20 quilômetros da sede municipal e 95 quilômetros do Rio de Janeiro, o distrito tem uma população de 1.983 moradores, segundo dados do Censo brasileiro de 2010.

Imagem da Santana confeccionada em 1850 e exposta na igreja de Santana de Conrado. Originalmente estava na igreja matriz de Santana das Palmeiras, povoação abandonada no final do século XIX.

O distrito apresenta características rurais com muitos sítios, pastos e uma grande área verde. Cortado pelo caudaloso rio Santana, o distrito possui belas cachoeiras, nas localidades de Santa Branca e Mangueiras, além de riachos e de uma fauna rica e bela.

O nome do distrito deve-se ao coronel do Corpo Imperial de Engenheiros Conrado Jacob Niemeyer que, em 1842, assumiu a empreitada das obras de calçamento e a manutenção da antiga Estrada do Comércio que passava pela serra do Tinguá. Ao conhecer a região, o coronel engenheiro Conrado Niemeyer encantou-se com sua beleza e resolveu mudar-se para lá com a família. Foi no alto da serra do Tinguá que, em 1842, nasceu seu neto homônimo, fundador do Clube de Engenharia, construtor da avenida Niemeyer e da igreja de São Conrado no Rio de Janeiro[1] .

A povoação cresceu em torno do outeiro de uma igreja inaugurada em 1901, formada principalmente por imigrantes italianos e famílias negras descendentes de escravos que foram trabalhar nas lavouras de café. A igreja possui a imagem de Santana e o sino que estavam na igreja matriz de Santana das Palmeiras, povoação da serra do Tinguá que foi abandonada no final do século XIX[1] .

O distrito de Conrado pertenceu a Vassouras até 1988, quando foi então integrado à Miguel Pereira.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Jornal Caminhando - Informativo da Diocese de Nova Iguaçu; ano XVIII, no 142, julho de 2002; p. 14. apud MENEZES, Antônio Lacerda. A Freguesia de Santana das Palmeiras. Blog da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Tinguá. Visitado em 9 de novembro de 2008.

Um site agora de Conrado - Miguel Pereira no facebook. http://www.facebook.com/pages/Conrado-Miguel-Pereira/245486178807885

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.