Conselho Federal de Contabilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso.

Você é encorajado a melhorar o artigo, mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo, além de não afetar o processo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito ao voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 22 de março.


Usuário: se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) é uma Autarquia Especial Coorporativa que possui atribuições constitucionais de fiscalização e normatização da prática contábil. Foi criado pelo Decreto-Lei nº 9.295, de 27 de maio de 1946[1] . Sua principal função é zelar pelo registro profissional do contador e do técnico contábil, bem como a aplicação de sanções do Código de Ética.

Atribuições[editar | editar código-fonte]

  • Regula a cerca dos princípios contábeis
  • Emite resoluções sobre a profissão contábil
  • Incentivar a criação e manutenção de leis para defender a profissão
  • Fiscalizar a aplicação das provas de suficiência da profissão. [2]

Referências