Conservante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conservantes são aditivos alimentares, ou outras substâncias que previnem ou inibem os estragos causados nos alimentos e formulações farmacêuticas por fungos, bactérias, e outros microorganismos. Podemos considerar como fontes de contaminação os materiais de embalagem, o ambiente de produção, o transporte do produto, entre outros.

Conservante ideal[editar | editar código-fonte]

Um conservante ideal tem de ser eficiente contra vários microorganismos, ser estável e não pode ser tóxico nem irritante. Deve ser incolor, insípido e inodoro. Podem ser colocados em bebidas alcoólicas e medicamentos. Não são poluentes.

Para que servem os conservantes[editar | editar código-fonte]

A função destes já o próprio nome diz: conserva. Ou seja, conservante é toda substância que impede ou retarda a alteração dos alimentos provocada por microrganismos ou enzimas, como por exemplo: SORBATO DE SÓDIO, NITRITO DE SÓDIO, NITRATO DE SÓDIO.

Alguns alimentos possuem pouco, outros muito e alguns nenhum. Ou melhor, conservantes naturais.

As indústrias de alimentos e produtores de alimentos pronto para o consumo querem garantir a qualidade desse até a chegada ao consumidor. E para isso adicionam os conservantes e outros aditivos. Mas quando o conservante já está no limite estipulado pela Anvisa, e o produto ainda apresenta alterações na textura, cor, sabor e odor, as empresas optam por outros aditivos que possuem várias funções, inclusive a de conservante. E assim, o alimento fica cheio de aditivos, mas dentro das normas da Anvisa. Pois o “conservante opcional” atua como conservante naquele alimento, mas para a descrição deste na embalagem (rótulo), ele está com outra função.

Classificação[editar | editar código-fonte]

São classificados em quatro grupos principais: ácidos, neutros, mercúricos e compostos de amónio quartenário.

Tabela de conservantes usados em farmácia[editar | editar código-fonte]

Classe Concentração usual (%)
Acídico Fenol 0,2-0,5
Clorocresol 0,05-0,1
O-fenilfenol 0,005-0,01
Esteres alquílicos do ácido p-hidroxibenzóico 0,001-0,2
Ácido benzóico e seus sais 0,1-0,3
Ácido bórico e seus sais 0,5-1,0
Ácido sórbico e seus sais 0,5-0,2
Neutros Clorobutanol 0,5
Álcool benzílico 1,0
Álcool beta-feniletílico 0,2-1,0
Mercúricos Timerosal 0,001-0,1
Acetano e nitrato fenilmercúrico 0,02-0,005
Nitronersol 0,001-0,1
Compostos de amônio quartenario Cloreto de benzalcónio 0,004-0,02
Cloreto de cetilpiridínio 0,01-0,02