Consistórios de Paulo VI

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Papa Paulo VI em 1977.

Segue-se uma lista dos consistórios ordinários públicos presididos pelo Papa Paulo VI. Ao todo, foram realizados 6 consistórios ordinários durante seu papado. Ele foi o responsável pela criação como cardeal de seus próximos três sucessores.

Consistório de 1965[editar | editar código-fonte]

Em 22 de fevereiro de 1965, durante seu primeiro consistório, o Papa Paulo VI criou 27 cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1967[editar | editar código-fonte]

Em 26 de junho de 1967, durante o seu segundo consistório, o Papa Paulo VI criou 27 cardeais. Os 27 novos cardeais foram:

Consistório de 1969[editar | editar código-fonte]

Em 28 de abril de 1969, durante seu terceiro consistório, o Papa Paulo VI criou 34 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1973[editar | editar código-fonte]

Em 5 de março de 1973, durante seu quarto consistório, o Papa Paulo VI criou 30 novos cardeais. Neste consistório, passaria a haver diferenciação entre cardeais eleitores e não-eleitores, que estariam ou não habilitados a participar e eleger o novo Papa. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1976[editar | editar código-fonte]

Em 24 de maio de 1976, durante seu quinto consistório, o Papa Paulo VI criou 21 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Consistório de 1977[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 1977, durante seu sexto e último consistório, o Papa Paulo VI criou 4 novos cardeais. Os novos purpurados foram:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]