Contos da Chuva e da Lua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Contos da Chuva e da Lua (雨月物語 Ugetsumonogatari) é um livro do escritor japonês Ueda Akinari (1734 - 1809) formado de nove pequenas histórias de teor fantástico e publicado em 1776. O contos são ditos como "moralistas" por causa de seu caráter educativo, no sentido de conduzir o homem na direção dos valores morais. Eles são divididos em cinco tomos sendo que o quarto tomo contém apenas um conto, o mais longo do livro. Os textos se passam no Japão no período contemporâneo ao autor e também em épocas mais antigas, possuindo várias referências a personagens e acontecimentos históricos da China e Japão, e repletos da mitologia japonesa e das filosofias budista, confucionista e xintoísta.

Tomos[editar | editar código-fonte]

Primeiro tomo: Shiramine ("Shiramine"); Pacto do crisântemo ("Kikukano chigiri")

Segundo tomo: Morada das sarças ("Asajiga Yado"); As carpas do sonho ("Muôno rigyo")

Terceiro tomo: Buppôsô ("Buppôsô); O caldeirão de Kibitsu ("Kibitsuno kama")

Quarto tomo: A volúpia da serpente ("Jaseino in")

Quinto tomo: O capelo índigo ("Aozukin"); O espírito do dinheiro ("Hinfukuron")

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Ueda, Akinari. Contos da Chuva e da Lua. Brasil: USP, Centro de estudos japoneses, 1996.