Contradança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Contradança

Contradança é uma dança de ritmo rápido e compasso binário composto de várias seções de oito compassos que se repetem. Tem sua origem nas danças folclóricas da Grã Bretanha, de onde estendeu-se por toda a Europa. Alcançou sua popularidade máxima no final do século XVIII, época em que foi utilizada em outros gêneros cênicos, como a ópera e o balé. Entre os compositores de música erudita que escreveram obras inspiradas na contradança estão Wolfgang Amadeus Mozart, Frédéric Chopin e Ludwig van Beethoven, com sua coleção de doze danças publicadas em 1803, em especial a de número sete e onze, que é utilizada ao final do balé As Criaturas de Prometeu (1801).

É uma mistura de várias danças com melodias diversas. Tendo dado origem às quadrilhas, foi a contradança uma dança muito apreciada nos bailes do século XIX.[1] A contradança se transformou na quadrilha, a valsa, a polca, a mazurca, o scottish, o pas-de-quatre, etc.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Contradança

Referências

  1. A origem da Contradança O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa.
  2. História da Dança Brasil Escola.
Ícone de esboço Este artigo sobre dança é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.