Convenção de chamada de funções

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Em ciência da computação, convenção de chamadas de função é um esquema o qual as funções de um programa recebem parâmetros das funções chamadoras e como elas retornam um resultado. Essas convenções diferem de acordo com as linguagens de programação, os sistemas operacionais e CPUs.

Essa diversidade de ambientes causam problemas na execução e comunicação de programas de diferentes linguagens, sistemas operacionais e processadores.

Compiladores de linguagens de alto nível como C/C++, Pascal ou Java, usam essas convenções para permitir chamadas de função. Nas linguagens de alto nível, o esquema de chamadas é transparente ao programador. O compilador contudo é responsável pela criação do código de máquina para cada função que o programador chama dentro do seu programa. Essa implementação também pode ser feita pelo programador em linguagem de montagem (assembly).

Os processadores normalmente possuem mais de uma convenção de chamada de função.