Convergência da tecnologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Evolução Tecnológica[editar | editar código-fonte]

A evolução tecnológica é um processo evolutivo e não um processo revolucionário, sendo determinada por uma conjugação de fatores econômicos, sociais e culturais. A atual Sociedade da Informação é um estádio de desenvolvimento social caracterizado pela capacidade de obter e partilhar qualquer informação, instantaneamente, de qualquer lugar, em qualquer momento e da maneira mais eficaz. No modelo actual da Sociedade da Informação podemos identificar: os utilizadores, que são pessoas ou empresas que necessitam e/ou têm acesso a conteúdos; a tecnologia, que são os meios técnicos (terminais, redes, servidores, softwares…) que permitem que os utilizadores tenham acesso ao conteúdo; o conteúdo pode incluir dados, informações, aplicações, serviços ou produtos aos quais os utilizadores podem ter acesso local ou remoto. Segundo Damásio (2007:45), a tecnologia pode ser entendida como sendo a soma de um dispositivo, das suas aplicações, contextos sociais de uso e arranjos sociais e organizacionais que se constituem em seu torno. Outros autores, não se limitam ao conceito da tecnologia como extensão da actividade humana e integram o que Licklider (2001) definiu como sendo uma simbiose entre o homem e a máquina, em que a segunda funciona como elemento cooperante e activo durante os procedimentos de raciocínio dos sujeitos. No Being Digital, Nicholas Negroponte (1995) prediz que no futuro a informação será completamente digitalizada. O autor analisa as vantagens e os inconvenientes das diferentes tecnologias e tenta prever a evolução futura das tecnologias. Negroponte acredita que a evolução será para que tudo seja digital (jornais, entretenimento, sexo). O autor incute em Being Digital uma perspectiva optimista para o interface Web entre o homem e a sociedade informatizada, acreditando que a digitalização progressiva da informação, a todos os níveis, é um aspecto altamente positivo e portador de benefícios para integrar a comunidade populacional numa comunidade de todos para todos, deste modo combatendo a infoexclusão numa sociedade onde as diferenças são cada vez mais esbatidas.


Convergência Tecnológica[editar | editar código-fonte]

A convergência tecnológica assume um papel relevante em diversos sectores, como a comunicação, a economia, a computação ou as telecomunicações. Este conceito integra tecnologias de telecomunicações, computação, incluindo Internet e a captura e difusão da informação, incutindo à tecnologia uma ubiquidade na actual Sociedade da Informação. A convergência tecnológica tem como principal finalidade possibilitar que o utilizador tenha acesso à informação e às aplicações a partir de qualquer lugar, rede ou mediante um qualquer canal de comunicação. Esta tendência tecnológica vem deste modo de encontro às necessidades da actual Sociedade da Informação. As aplicações práticas da convergência tecnológica são inúmeras, podendo destacar-se o seu uso na Educação e, mais especificamente, no e-learning. A escola do futuro é uma “Escola sem muros”, na qual a tecnologia estará omnipresente na sala de aula virtual.


Pacotes convergentes[editar | editar código-fonte]

Se a convergência tecnológica total ainda não é propriamente uma realidade da nossa sociedade, já é possível encontrar pacotes comerciais que reúnem serviços de voz, dados e vídeo ao usuário, oferecendo economia e praticidade. Nos nossos dias, são cada vez mais as pessoas que optam pelos pacotes convergentes, onde se reúne o telefone, a televisão e a Internet. Gradualmente, caminhamos para a era digital, à medida que a actividade da sociedade se desloca preponderantemente para a esfera do ciberespaço.



TVinteractiva[editar | editar código-fonte]

A convergência tecnológica segue no sentido da era digital. Contudo, ainda terá um longo percurso a efectuar, nomeadamente na introdução e generalização da TV interactiva. A televisão interactiva promete uma alteração de paradigma através de uma variedade de aplicações que transformam, em parte ou na sua totalidade, a experiência do utilizador. Essas aplicações, ou categorias de serviços, podem ser divididas em: a) Internet na televisão; b) televisão personalizada; c) serviços de navegação; d) vídeo-on-demand.


Livros interactivos[editar | editar código-fonte]

A informação em formato digital surge como consequência da evolução tecnológica. Segundo Benício & Silva (2005), esta vem permitindo o rompimento de barreiras geográficas, a livre circulação da informação e o surgimento do suporte digital, das bibliotecas “sem paredes” e dos livros electrónicos (e-books[1]) que podem ser descarregados (download) via Internet para o computador, possibilitando uma maneira mais simples de compor e disponibilizar um livro ao leitor.

Associada a esta evolução tecnológica surge um novo paradigma de sala de aula, surgindo novos modelos de aprendizagem dinâmica que potencializa os conhecimentos das crianças, tornando-os tanto “professores” como “aprendizes”. O projecto Um Latop por criança[2], para a educação das crianças dos países em desenvolvimento, apresenta a ferramenta XO, a qual poderá libertar esse enorme potencial nas crianças.

O XO é uma poderosa ferramenta de aprendizagem criada expressamente para as crianças mais pobres, que vivem nos ambientes mais remotos. É feito com um software livre e open-source. A liberdade de software dá às crianças a oportunidade de usar seus laptops segundo suas próprias regras.


O Lotop XO [3]é uma ferramenta como navegador web, reprodutor de multiracial e leitor de livros electrónicos, permitindo que as crianças dos países em desenvolvimento alcancem domínios de conhecimento que de outra forma seriam difíceis — ou impossíveis — de alcançar.




Referências Bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Being Digital, 1996. ISBN: 972-21-1056-X

Being Digital[4] e-book by Cyberdock, 2005.

Benício, C.& Silva, A. (2005). Do Livro Impresso ao E-Book: o paradigma do suporte na Biblioteca Electrónica. Biblionline, V.1, n.2.

Damásio, M.J. (2007). Tecnologia e Educação – As Tecnologias da Informação e da Comunicação e o processo Educativo. Lisboa: Nova Vega


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

http://www.laptop.org/pt/vision/index.shtml

http://wiki.laptop.org/go/The_OLPC_Wiki/lang-pt