Copag

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Copag é uma das empresas pioneiras na fabricação de baralho no Brasil. Fundada em 1908 na cidade de São Paulo pelo gráfico Albino Gonçalves sob o nome de Companhia Paulista de Papéis e Artes Gráficas. Inicialmente produzia itens de papelaira como envelopes e blocos de papel [1] . É em 1918 que inicia a produção de baralhos pela técnica litográfica. Por volta de 1930, passou a utilizar a impressão offset e assumiu a liderança na produção nacional de baralhos. Em 1987 inaugura uma fábrica em Manaus.

A companhia tem produzido cartas em PVC para pôquer desde o final dos anos 90. Apesar de mais caros e de terem um deslize diferente do papel, os baralhos de plástico possuem maior durabilidade. Com o sucesso do pôquer atualmente alcançado por campeonatos exibidos pela TV e por jogos on-line, novas gerações de jogadores estão entrando em cena. Tais jogadores tendem a preferir o baralho de plástico ao de papel. Em 2005 e 2006, a empresa produziu as cartas oficiais para a World Series of Poker.

Um de seus baralhos mais conhecidos é o 139, feito de papel couché, sendo o baralho há mais tempo em produção no Brasil (desde 1923 [2] ). O seu curinga é representado por uma taça com arabescos e um cavaleiro com escudo. O que é pouco conhecido é o fato que a Copag fabrica também jogos de cartas tais como Jogo da Memória e Sudoku.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Brandão, Ignácio de Loyola. Copag 100 anos no Brasil – sempre dando as cartas. Edição limitada. São Paulo: Dorea Books and Art, 2008.
  2. Farias, Priscila. Os baralhos da Copag entre 1920 e 1960. In Cardoso, Rafael. O design brasileiro antes do design. São Paulo: Cosac Naif, 2005.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.