Cordeliers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antigo Convento dos Cordeliers de Paris em 1793

Os Cordeliers foi o nome que tomaram os franciscanos estabelecidos na França. Este nome teria sido atribuído por Jean de Beaufort quando da Sétima Cruzada. Esta denominação remonta a São Luís. Durante a Cruzada de 1250, o rei, tendo notado um grupo de religiosos bastante combativos contra os sarracenos, perguntou seu nome ; responderam-lhe tratar-se dos « de cordes liés » (de corda amarrada (em português)). Com efeito, estes monges usavam sobre seu manto marron ou cinza uma corda grossa, com nós espaçados, que caia até quase seus pés, e um capuchino curto e arredondado. Eles pertenciam à Ordem dos Irmãos Menores, chamados ainda Franciscanos, fundada por São Francisco de Assis, e confirmada pelo Papa Honório III em 1223 [1] .

Em 1789, nos primórdios da Revolução Francesa, os Cordeliers possuíam 284 conventos que foram fechados em 1790.

Esta ordem deu o nome ao Clube dos Cordeliers, em referência à capela do Convento dos Cordeliers de Paris, onde o clube se reunia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.corpusetampois.com/che-20-guibourge1957etampes502cordeliers.html
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.