Cordilheira Subbética

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização dos Sistemas Béticos

A cordilheira Subbética discorre a norte da Penibética desde o Cabo Trafalgar até a província de Granada (Espanha). Algumas das serras que a formam são (de Oeste a Este): Serra de Grazalema, as Serras Subbéticas de Córdoba, Serra de Parapanda, Serra de Loja, Serra Sul de Jaén, Serra Harana, Serra de Huétor, esta última em contato com o sistema Penibético, Serra da Alfaguara e por último Serra Mágina e Serra de La Sagra superpostas sobre o sistema Prebético.

No seu conjunto esta formado por uma série de serras calcárias e dolomíticas de altitudes modestas e separadas umas de outras por corredores de origem tectônica e litológica - existência de materiais mais brandos que são aproveitados pelos afluentes do Guadalquivir para escavar os amplos corredores-. Os geólogos distinguem dentro desta zona externa, que se estende desde o cabo de Trafalgar e separa-se do Mar pela cordilheira Penibética os Sistema Prebético e Subbético.

O Subbético é a parte mais interna da zona externa. Situa-se a sul do Prebético, quando este existe, e quando não a sul da Depressão Bética. Ocupa uma superfície muito maior tanto em superfície como em comprimento. Começa no extremo ocidental das Serras Subbéticas para penetrar em Múrcia.

A zona Subbética vê-se afetada pelos últimos movimentos de finais da dobra que formaram os plissamentos de fundo de grande rádio, além de falhas e fraturas.

Do ponto de vista geomorfológico a Cordilheira Prebética é um subsistema da Cordilheira Subbética.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências