Cordilheira do Cáucaso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A cordilheira do Cáucaso vista do espaço
Localização
Coordenadas 42° 30' N 45° E
Localização Parte oriental da Ásia Central
País(es)  Rússia
 Geórgia
 Arménia
 Azerbaijão
 Irã
 Turquia
Características
Altitude máxima 5642 m
Cumes mais altos Elbrus
Dykh-Tau
Chkhara
Este artigo é sobre a cadeia de montanhas terrestre. Existe também uma cordilheira lunar, chamada Cáucaso (Lua).

A cordilheira do Cáucaso é uma cadeia de montanhas longa de 1200 km entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, frequentemente considerada o limite do extremo sudeste da Europa, formando uma das divisas com a Ásia. Forma duas cadeias distintas:

  • O Grande Cáucaso estende-se de Sochi, nas margens do nordeste do Mar Negro, ao este-sudeste, alcançando o Mar Cáspio perto de Baku. Na maior parte da sua extensão, forma a fronteira natural da Rússia com a Geórgia e o Azerbaijão. Os picos do Grande Cáucaso incluem o Monte Elbrus, com 5642 m, a montanha mais alta da Europa.
  • O Pequeno Cáucaso estende-se paralelamente ao Grande Cáucaso, a uma distância média de 100 km ao sul. As fronteiras da Geórgia, Armênia e do Azerbaijão correm através dessa cadeia, apesar de as cristas não definirem a fronteira de maneira geral.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cordilheira, retilínea, cresce em altitude a 300 km do Estreito de Kerch e culmina, na sua parte central, em vastos maciços vulcânicos gelados:

Enquanto que o Cáucaso central é coberto por numerosas geleiras, o Cáucaso ocidental é coberto por florestas, e o Cáucaso oriental, mais baixo e seco, é uma região quase desértica. O contraste é menos visível entre os flancos norte e sul. O Cáucaso não apresenta vales longitudinais suscetíveis de atenuar seu papel de obstáculo. Ao centro, ele pode ser ultrapassado por diversas estradas, como a do vale do Tarek, que leva ao Passo da Cruz (2388 m). Entre o Grande e o Pequeno Cáucaso, a Transcaucásia estende-se por 700 km, entre o Mar Cáspio e o Mar Negro. É uma região complexa, que associa bacias bem desenvolvidas: a Colchida a oeste e a planície do Azerbaijão a leste. No centro, os corredores paralelos da Koura, do Iori e do Alazani, assim que a planície de Gori, superpõe-se entre 150 et 700 m. Ao sul, as montanhas da Geórgia e da Armênia constituem o terceiro setor do Cáucaso, o Pequeno Cáucaso, cuja altitude média é de 2000 m. A cadeia é, no entanto, interrompida por vastos maciços vulcânicos; a oeste do Lago Sevan, o monte Aragats (80 km de largura) constitui a parte mais elevada do maciço de Alaghez (4095 m), ponto culminante do Pequeno Cáucaso, na Armênia.

Recursos naturais[editar | editar código-fonte]

O Cáucaso possui jazidas de metais não ferrosos e reservas de petróleo (Azerbaijão e regiões de Maïkop e de Grozni).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.