Cornelia Bargmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cornelia Bargmann
Bioquímica
Nascimento 1961 (53 anos)
Local Athens (Geórgia)
Cônjuge Richard Axel
Atividade
Campo(s) Bioquímica
Instituições Universidade Rockefeller
Alma mater Universidade da Geórgia, Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Orientador(es) Robert Allan Weinberg
Prêmio(s) Breakthrough Prize in Life Sciences (2013)

Cornelia Isabella "Cori" Bargmann (Athens (Geórgia), 1961)[1] é uma neurobióloga estadunidense. É conhecida por seu trabalho sobre o comportamento da caenorhabditis elegans, particularmente o olfato.

Foi eleita para a Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos e é atualmente investigadora do Instituto Médico Howard Hughes da Universidade Rockefeller. Em 2013 foi uma das onze pessoas a ser laureada com o Breakthrough Prize in Life Sciences, recebendo um prêmio de US$ 3 milhões (3 milhões de dólares).[2]


Translation arrow.svg
Este artigo foi traduzido de uma versão noutra língua (versão original). Você pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções.

Referências

  1. Book of Members, 1780-2010: Chapter B American Academy of Arts and Sciences. Página visitada em 20 de fevereiro de 2013.
  2. Laureados com o Breakthrough Prize in Life Sciences 2013 (em inglês)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) biólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.