Coroa de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coroa de João VI
A Coroa e Cetro utilizados por Dom João VI.

A Coroa de João VI é a coroa dos Reis de Portugal. A coroa tem uma característica ímpar em relação a outras Coroas europeias. De 1640-1910 não houve nenhuma Coroação dos Monarcas Portugueses. Ela foi substituída por uma cerimónia chamada Aclamação, onde o Soberano recebia, junto com a Coroa, as Regalias do Reino. Entretanto a Coroa ficava pousada ao seu lado (não na cabeça).

Esta tradição foi iniciada com a Restauração da Independência Portuguesa, em 1 de Dezembro de 1640, onde o Rei D. João IV depositou sua Coroa aos pés de uma imagem de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e assim chamou-a de "a verdadeira Rainha de Portugal".

A Coroa Portuguesa usada pelos Monarcas era composta apenas de ouro simples e de veludo vermelho com um formato Imperial. Foi feita no Rio de Janeiro, Brasil, em 1817, para a Aclamação de D. João VI. Ela foi criada na oficina de Dom António Gomes da Silva.

Ver também[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coroa de Portugal
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coroas Reais
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coroa de Portugal


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikilivros Livros e manuais no Wikilivros
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.