Coroa islandesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coroa islandesa
Íslensk króna (Islandês)
Dados
Código ISO 4217 ISK
Usado  Islândia
Inflação 5,2% (2012)
Banco Central da Islândia, 2012
Sub-Unidade
1/100

Eyrir (obsoleto)
Símbolo kr, Íkr
Plural Coroas (krónur (Islandês))
Moedas 1, 5, 10, 50 e 100 Coroas
Notas 500, 1000, 2000 (não emitida), 5000 e 10.000 Coroas
Banco Banco Central da Islândia
www.sedlabanki.is
Fabricante Não disponível

Coroa islandesa, oficialmente coroa da Islândia, é o nome dado para a moeda corrente na Islândia. O nome está de certa forma relacionado ao de outras moedas dos países nórdicos, como a coroa sueca e a coroa norueguesa. É subdividida em 100 aurar (plural de eyrir).

A moeda foi introduzida pela primeira vez em 1874 em substituição ao rigsdaler dinamarquês, moeda que foi corrente na Dinamarca até 1873. Com a dissolução da União Monetária Escandinava, no começo da Primeira Guerra Mundial, e a autonomia da Islândia, em 1918, a coroa islandesa foi separada da coroa dinamarquesa.

Em 1981, o valor da moeda foi reavaliado de modo que 100 coroas antigas passaram a valer 1 coroa nova, com a mesma subdivisão de 100 aurar.

A economia islandesa opera quase sem utilizar moedas. Isto se deve ao fato de que a Islândia possui uma das maiores quantidades per capita de computadores, o que faz grande parte das transações ocorrer de forma eletrônica. Outro fato é que as notas não favorecem a transação de altos valores, num país em que os custos são altos. Um jantar pode facilmente custar mais que 5 000 coroas, sendo que a nota de maior valor é de 10 000 coroas.

Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.