Corpo de Cajal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagem por imunofluorescência que revela a localização da proteína fibrilarina, que mostra a localização dos corpos de Cajal (a verde)

Os corpos de Cajal ou corpos enovelados são suborganelos esféricos que podem ser encontrados no núcleo celular de células proliferativas, como as células tumorais, ou em células metabolicamente activas, como os neurónios. Foram relatados pela primeira vez por Santiago Ramón y Cajal, em 1903, que os nomeou de corpos acessórios nucleolares, devido à sua associação com o nucléolo de células neuronais.[1] Os microscopistas electrónicos deram-lhes o nome de corpos enovelados devido à sua forma em cortes para microscopia. Mais recentemente, em honra de Ramón, foi-lhes dado o nome de corpos de Cajal.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Ogg S, Lamond A. (2002). "Cajal bodies and coilin--moving towards function". J Cell Biol 159 (1): 17-21. PMID 12379800.


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.