Correio Lageano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Correio Lageano
Razão social Baggio Editora Jornalística Ltda.
Periodicidade diário
Formato tabloide
Proprietário Baggio Editora Jornalística Ltda.
Fundador(es) José Paschoal Baggio
Diretor Isabel C. Baggio
Fundação 21 de outubro de 1939
Sede Lages, SC
Página oficial Site Oficial

O Correio Lageano[nota 1] é um jornal diário em formato tabloide publicado no estado de Santa Catarina. Fundado em 21 de outubro de 1939, por José Paschoal Baggio, é um dos jornais mais antigos ainda em circulação no Estado, com tiragem média diária de 7.500 exemplares.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A publicação "surgiu das necessidades ambientes e será uma válvula do pensamento em Lages, a refletir a época passante, através de seu progresso: intelectual, social e material. (...), traz em si o estímulo que agita, eleva, desperta e o anseio de lutar pelo engrandecimento desta terra, sugerindo e incentivando tudo que lhe parecer de necessidade”.

Tendo em vista esse pensamento, nomes como Almiro Lustosa Teixeira de Freitas, Indalécio Arruda e João Ribas Ramos imprimiram a primeira edição do Correio Lageano em 21 de outubro de 1939.

Nenhum veículo de comunicação da Serra Catarinense contabiliza período tão longo de atuação. Durante doze anos, o Correio Lageano circulou semanalmente, utilizando os recursos técnicos do antigo Correio de Lages quando em 1951, quatro idealistas assumiram o compromisso de oferecer ao público um veículo “independente e noticioso”.

Os jovens eram José Paschoal Baggio, Evilásio Neri Caon, Edézio Neri Caon e Sirth de Aquino Nicolelli. Nesse mesmo ano estava sendo definida uma nova missão: “O Correio Lageano, enquanto estiver sob nossa orientação, será um órgão livre, independente, sem subordinação a organizações de qualquer espécie. (...) nos endereçando sempre aos anseios do povo, quer das classes produtoras, quer das classes trabalhadoras, humildes e de todas as categorias profissionais”.

Em 1955, o Correio Lageano passou a circular duas vezes por semana, um grande marco para a imprensa local, até então todos os jornais que circulavam em Lages apresentavam edições semanais. Onze anos após a inovação promovida pela equipe chefiada por José Paschoal Baggio, o jornal passou a ser distribuído três vezes por semana, este foi o ensaio para um desafio ainda maior: tornar o CL um jornal com circulação diária, o que aconteceu em 8 de outubro de 1967.

O mais significativo avanço foi a aquisição de uma impressora rotativa em 1990, que dispensou a impressão off-set, tornando o processo muito mais ágil e fazendo do parque gráfico do CL um dos mais modernos de Santa Catarina.

Em 14 de dezembro de 2006, foi lançado o novo projeto gráfico, mostrando que o CL sempre está preocupado com o leitor e de acordo com as evoluções tecnológicas do mercado, para manter-se atualizado.

Editoriais[editar | editar código-fonte]

CL.serviço É a editoria que dá informações úteis ao leitor. Tem sempre uma reportagem voltada ao serviço, para atender contribuintes, consumidores e o cidadão. Informa sobre Loterias, Falecimentos, Indicadores Econômicos, Telefones do CL e tem ainda o Mapa do Tempo com a previsão da Região e de SC, além da seção Estamos de Olho, com o andamento das obras do Aeroporto do Planalto e da BR-282.

CL.últimas Página da informação quente, daquilo que aconteceu por último durante o dia, na Serra, no Brasil e no Mundo. Tem a coluna Último Minuto para a informação mais recente que chegou à Redação.

CL.cotidiano Editoria que cobre a Serra Catarinense. Os assuntos do dia-a-dia, os problemas dos bairros, as reclamações da comunidade. Reportagens especiais, enquetes e nos fins de semana, o CL.entrevista, com os temas atuais.

CL.polícia A cobertura dos acontecimento policiais em Lages e na Região. Na coluna Plantão de Polícia, os fatos que movimentam o dia-a-dia das Polícias Civil e Militar.

CL.interativo.

O leitor ajuda a fazer o jornal. E colabora escrevendo e também mandando fotos para a seção Foto do Leitor. A página tem todo dia um assunto diferente: saúde, jovem, informática, rural e gastronomia.

CL.opinião.

O editorial com a posição do jornal sobre os assuntos que estão em discussão na sociedade. As cartas, as frases e o artigo do leitor. E as colunas: Eron J. Silva e a política regional, Pelo Estado, com as notícias da política, administração e de todas as regiões catarinenses e ainda o artigo de Névio Fernandes.

CL.Clip.

O caderno de arte, cultura, sociedade e entretenimento. Sempre uma reportagem especial de Capa, as colunas de Soleu Filho e o entretenimento para o leitor: Cruzadas, Horóscopo, resumo das novelas e as piadas.

Aos domingos, o CLip vira revista, com páginas para leitura de fundo - música, vídeo, Glitz, Turismo, Ciência & Tecnologia e muitas reportagens e entrevistas nas páginas de TV.

CL.economia.

Reportagens sobre o que está acontecendo nos mercados econômicos da Serra Catarinense e de Santa Catarina. As principais informações econômicas do Brasil e a coluna Vitrine, com produtos e gente que faz o comércio, a indústria e o setor de serviços da nossa região.

CL.panorama.

Os principais acontecimentos do Brasil e do Mundo.

CL.política.

Política regional, estadual e nacional. Os partidos, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário na Serra e em Santa Catarina. As notícias sobre seus representantes da sua região em Brasília, em Florianópolis e nas Câmaras Municipais e Prefeituras.

CL.esporte.

A cobertura dos times de futebol, do esporte amador, do Jocol, automobilismo, futsal e todas as outras atividades esportivas da Serra e de Santa Catarina. O esporte do Brasil e do mundo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

WAGNER, Jonilda. José Paschoal Baggio da madeira ao jornalismo. Lages: Bampi Editora, 2009.

Notas

  1. Pelas normas ortográficas hoje em vigor, atualizadas pelo Acordo Ortográfico de 2009, o nome deste jornal deveria ser grafado Correio Lajiano.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.